O que aconteceu nos trinta anos em que Rick Deckard (Harrison Ford) ficou desaparecido? É justamente esta pergunta que o cineasta deseja responder. E depois de um prelúdio estrelado por Neander Wallace (Jared Leto), agora é a vez de Sapper Mortan (Dave Bautista) ganhar uma história toda sua.

O intérprete do alienígena Drax na franquia Guardiões da Galáxia assume o papel de um replicante na obra de Villeneuve e o protagonismo de Nowhere to Run, ambientado em 2048, um ano antes dos eventos do novo Blade Runner. No curta dirigido por Luke Scott, o ator dá vida a Mortan, um andróide que se encontra em um período crítico de sua vida: quando começa a contemplar sua existência, o significado de ser humano e a aproximação de sua morte — ou, mais precisamente, desligamento.

Escondido no submundo de Los Angeles, Mortan tenta passar incólume e incógnito frente às vistas da sociedade, uma vez que a existência dos replicantes foi terminantemente banida pelo governo em 2022 — três após os eventos de Blade Runner, o Caçador de Andróides. Entretanto, seu senso moral o impede de deixar que injustiças aconteçam — por outro lado, sua decisão de intervir pode custar o seu disfarçe. Confira!

Blade Runner 2049 chega aos cinemas brasileiros no dia 5 de outubro.