– Contém spoilers do episódio.

Dragonstone” começa e termina com dois eventos importantes, enquanto recapitula a atual situação dos núcleos sobreviventes (poucos, comparado com os anos anteriores). O cold opening mostrando Arya encerrando o seu plano de vingança contra os Freys, por mais fan service que seja, é uma cena eficiente e emocionalmente satisfatória, iniciando a temporada com tudo.

arya-stark-1024x574 Crítica | Game Of Thrones - Sétima temporada, episódio um (S07E01)

Ainda sobre Arya, a jovem cruza o caminho com um grupo de jovens soldados que mostraram um lado humano que ela parecia ter se esquecido: por trás dos soldados que seguem ordens dos reinos existem pessoas com famílias, medos e suas próprias histórias. Detalhe: o cantor irlandês Ed Sheeran faz uma breve participação especial como um desses soldados, com direito até a uma música e uma piadinha dizendo que “a música era inédita”.

Um dos principais pontos de Game of Thrones s07e01 – “Dragonstone” foi o momento em que Jon Snow revelou suas intenções para as casas que traíram os Starks. Após ser publicamente questionado pela irmã Sansa (com direito a um sorriso de satisfação do Mindinho, que está doidinho para ver o circo pegando fogo para se aproveitar da ruiva), Jon dá um daqueles seus discursos arrepiantes e motivadores. Prova de que ele sabe como poucos liderar e inspirar pessoas.

Cersei-Lannister-Lena-Headey-%E2%80%93-GoT-S7-Ep-01 Crítica | Game Of Thrones - Sétima temporada, episódio um (S07E01)

Paralelamente, Cersei comunica Jaime do seu plano. Estrategista como ela é, e vingativa, chega a ser difícil acreditar que Kings Landing ficará no meio do conflito deixando o inverno atrasar suas intenções. Outra possibilidade é que todas as outras casas precisarão recorrer aos Lannisters no futuro.  Nota-se que Cersei perdeu o último resquício de humanidade que ainda lhe restava para o terror do seu irmão.

Com tantos personagens relevantes, contudo, seria uma tarefa árdua fazer de Game of Thrones mais do que uma grande colcha de retalhos, se o que ganhamos são parcelas de histórias interconectadas, cada uma, ainda assim, independente uma da outra, que, ao menos vejamos algum progresso nelas. Felizmente, o desenvolvimento é notado aqui, constituindo um bom início de temporada, que, desde já, apresenta um ritmo mais acelerado que as duas anteriores.

lyana-300x300 Crítica | Game Of Thrones - Sétima temporada, episódio um (S07E01)

Com destaque para pelo menos cinco mulheres fortíssimas (Daenerys, Arya, Lyanna Mormont, Cersei e Sansa), Game of Thtones está de volta com tudo!

Aliás, Lyanna Mormont pra mim teve a melhor frase do episódio, mostrando toda sua imponência não só como mulher, mas como guerreira do norte!

“Não pretendo ficar tricotando enquanto homens lutam por mim”! Mormont, Lyanna

Bom, ansioso demais pelo episódio 2.

Vamos começar?!