No início do século passado, em Barbacena, Minas Gerais, foi fundado o hospital Colônia, com o intuito de tratar tuberculosos e doentes psiquiátricos. Mas o que se passou atrás daqueles muros foi algo estarrecedor. A história foi exposta em 2013 por Daniela Arbex no livro “Holocausto Brasileiro” e agora é relatada no documentário, que conta com direção da própria Daniela e de Armando Mendz.

Durante anos, homens, mulheres e crianças eram amontoados em vagões superlotados no que ficou conhecido como “trem de doido”, em uma viagem sem volta para o hospital. O lugar era o trágico destino daqueles que a sociedade não queria por perto – cerca de 70% dos internos não tinham qualquer diagnóstico de doença mental. Pobres, homossexuais, meninas grávidas, prostitutas, alcoólatras, crianças indesejadas, pessoas sem documento ou expulsas de casa pela família eram enviadas para lá.

Submetidos a todo tipo de maus-tratos e crueldades, como eletrochoques e exposição ao frio e à fome, milhares de internos foram torturados, violados e esquecidos.

Cerca de 60 mil pessoas morreram durante o período de funcionamento do hospital, que se transformou em um verdadeiro campo de extermínio. Poucos sobreviveram. E em comoventes depoimentos e entrevistas para o documentário exclusivo da HBO, alguns contam os horrores que viram e sofreram, falam sobre a esperança de ter uma vida normal e relatam as saudades daquilo que nunca viveram.

HB_STILL_00_33_07_10004 HOLOCAUSTO BRASILEIRO, DOCUMENTÁRIO EXCLUSIVO DA HBO, ESTREIA EM 13 DE OUTUBRO NO FESTIVAL DO RIO

Holocausto Brasileiro é produzido por Roberto Rios, Maria Angela de Jesus, Paula Belchior e Patricia Carvalho, da HBO Latin America Originals, e Alessandro Arbex e Daniela Arbex, da Vagalume Filmes. O documentário conta com roteiro de Daniela Arbex, que também assina direção junto a Armando Mendz. A fotografia é de Mauro Pianta, e a montagem de Fabio Cabral.

HBO Latin America participa do Festival do Rio 2016 com o documentário exclusivo Holocausto Brasileiro, que estreia na Première Brasil em 13 de outubro, às 18h, no Cine Roxy. Baseado no livro-reportagem homônimo da jornalista Daniela Arbex, o filme expõe uma das maiores tragédias da história recente do país.

No dia 14 de outubro, Holocausto Brasileiro participa da sessão Cine Encontro, espaço do Festival do Rio que promove o contato direto entre o público e os realizadores, com debates após as sessões. O filme está na seleção da mostra Retratos Falados, parte da Première Brasil 2016, que traz documentários que abordam questões políticas cruciais para o cenário nacional. A exibição será às 13h30 no Centro Cultural do Banco do Brasil e o debate está marcado para 15h. Estarão presentes a autora do livro e diretora Daniela Arbex, o diretor Armando Mendz, o produtor Alessandro Arbex e a vice-presidente da HBO Latin America Originals, Maria Angela de Jesus.

O filme contará com outras duas exibições no Festival do Rio: dia 15, às 16h, no Cine Joia, e na quarta-feira, dia 19, às 14h, no Ponto Cine.

Holocausto Brasileiro, documentário exclusivo da HBO, estreia em 20 de novembro no canal MAX.