A Cerimônia da Academy Awards que teve seu início em  1929 chega a sua edição de número 88. Selecionamos 10 momentos emocionantes e memoráveis que marcaram a trajetória da premiação mais aguardada do cinema.

10º Lugar: Reação de Roberto Benigni ao ganhar a estatueta

O diretor e ator italiano Roberto Benigni conquistou o mundo com seu filme “A Vida é Bela”, ganhando Oscar para melhor filme estrangeiro, melhor diretor e melhor ator. Quando seu nome foi chamado por Sophia Loren na cerimônia, Benigni contagiou a todos com sua felicidade chegando até a subir nas cadeiras para comemorar a conquista da estatueta.

9º Lugar: Halle Berry ganha como Melhor Atriz Principal

Halle Berry marcou história sendo a primeira mulher negra a ganhar o Oscar de melhor atriz principal por sua interpretação em “Monster’s Ball” (A Última Ceia) no papel de Leticia Musgrove. A atriz ficou tão emocionada com a premiação que teve dificuldades para conseguir se acalmar em seu discurso.

8º Lugar: Marlon Brando recusa Oscar

Em 1973 Marlon Brando ganhou Oscar por seu papel de Vito Corleone em O Poderoso Chefão. Porém não compareceu ao evento, enviando em seu lugar a ativista Sacheen Littlefeather para recusar em seu nome a estatueta e protestar pela forma que a indústria do cinema tratava o povo indígena. As reações do público se dividiam em vaias e aplausos.

7º Lugar: Cuba Gooding ganha Oscar

Em 1997 Cuba Gooding Jr. levou o Oscar de Melhor Ator Coadjuvante por “Jerry Maguire”. A reação do ator foi memorável: enquanto dava seu discurso, Cuba Gooding começou a se empolgar e surtar de tanta felicidade.

6º Lugar: Kathryn Bigelow (primeira diretora a conquistar Oscar)

Sim! A primeira mulher a ganhar Oscar para melhor direção foi Kathryn Bigelow em 2010 por seu filme “Guerra ao Terror”. Como Barbra Streisand falou antes de apresentar o nome do vencedor: a hora chegou!

5º Lugar: Martin Scorsese finalmente recebe o prêmio

Martin Scorsese foi indicado seis vezes ao Oscar antes de finalmente conquistar a estatueta em 2007 por “Os Infiltrados”. O diretor subiu ao palco e recebeu seu prêmio das mãos de grandes amigos: Steven Spielberg, George Lucas e Francis Ford Coppola. Antes de começar seu discurso, Scorsese brincou perguntando se poderiam checar novamente o envelope.

4º Lugar: discurso de Christopher Reeve

Christopher Reeve se tornou famoso por seu papel em Super-Homem. Em 1995 sofreu um acidente a cavalo e acabou ficando tetraplégico. Após 1 ano, Reeve apareceu como convidado surpresa  na cerimônia do Oscar, sendo recebido por uma longa ovação da plateia. O ator mostrou ser um verdadeiro herói em sua vida, criando a Christopher Reeve Paralysis Foundation que fornecia ajuda para pessoas vítimas de paralisia. Em 2004, acabou falecendo aos 52 anos vítima de infarto.

3º Lugar: John Hughes sendo homenageado

John Hughes dirigiu filmes que se tornaram grandes clássicos da década de 80 e início de 1990: “Curtindo a Vida Adoidado”, “Garota Rosa Shocking”, “Esqueceram de Mim”, entre outros. Acabou falecendo em 2009 e foi homenageado em 2011 por vários atores que tiveram suas vidas marcadas pelo diretor: Mathew Broderick de “Curtindo a Vida Adoidado”, Macaulay Culkin de “Esqueceram de Mim”, John Cryer (A Garota de Rosa Shoking). Do filme “Clube dos Cinco” compareceram Molly Ringwald, Ally Sheedy e Judd Nelson. Uma das homenagens mais emocionantes e nostálgicas que marcaram a história do Oscar.

2º Lugar: Heath Ledger ganha como Melhor Ator Coadjuvante

Todos aguardavam ansiosamente a estreia de “Batman: O Cavaleiro das Trevas”, infelizmente o público se surpreendeu com a triste notícia que Heath Ledger, o ator que interpretava o Coringa, faleceu no dia 22 de janeiro de 2008. Mais ou menos 1 ano depois, a família de Ledger recebeu em seu nome o Oscar por Melhor Ator Coadjuvante, deixando a todos emocionados e tristes pela partida de um grande ator.

1º Lugar: Charles Chaplin recebe prêmio honorário

Charlie Chaplin, um dos maiores nomes da história do cinema, foi exilado em 1952 dos Estados Unidos por ser acusado de ser comunista. Em 1972, saiu de seu exílio para receber o Oscar Honorário pelo “efeito incalculável que ele teve em tornar os filmes a forma de arte deste século”. Chaplin foi recebido como merecia: com intermináveis aplausos em um momento que marcou a trajetória do Oscar.

E vocês? Concordam com a lista?