Dois Caras Legais (The Nice Guys, EUA, 2016), escrito e dirigido por Shane Black (Homem de Ferro 3) estreia no dia 21 de julho, com a dupla Russell Crowe (Gladiador, Uma Mente Brilhante) e Ryan Gosling (A Grande Aposta, Tudo pelo Poder). Em entrevista exclusiva, Black fala sobre o perfil dos personagens criados para esta comédia policial ambientada na decadente Los Angeles dos anos 70.

Shane Black, que dividiu o roteiro do longa com o produtor executivo de Dois Caras Legais, Anthony Bagarozzi, diz que os personagens foram inspirados na essência do cinema noir. Crowe e Gosling formam a dupla desajustada de detetives Jackson Healy e Holland March, que descobrem conexões estranhas em um mistério que mais tarde se revela uma grande e perigosa conspiração.

Healy (Crowe), pragmático e dono de uma estranheza particular, é contratado para encontrar Amélia (Margaret Qualley), filha desaparecida de Judith Kuttner (Kim Basinger), funcionária de alto escalão do governo norte-americano. No entanto, o trabalho ganha um surpreendente rumo, fazendo com que ele decida dividir a investigação com o atrapalhado e despreocupado March (Gosling), que vive a vida com a certeza de que tudo dará certo.

P1j9qSIT3eBD9D6SftduUpWU06jUhxBRfWBDh-sySnM%2CP68z4Rp7phApO0FQDrujwFtlnZetVis61LKJBG-B-gA%2Cu1iAsohG2jDT_nFhTi2-LUo4qIzsSSdfqznV-alHNoE?size_mode=3&size=800x600 Shane Black, diretor de Dois Caras Legais, fala sobre peculiaridades dos personagens Healy e March