Damon Lindelof foi quem optou por, após “início e meio completos”, dar fim à elogiada série em seu terceiro ano.

The Leftovers foi renovada — para sua temporada final. Série de baixa audiência, mas enorme sucesso entre a crítica e seu pequeno público, o drama criado por Damon Lindelof e Tom Perrotta é apontado como “um dos mais distintos da HBO” pelo presidente de programação da emissora, Michael Lombardo: “Admiramos e apoiamos totalmente a visão artística de Damon e respeitamos sua decisão de levar a série à sua conclusão na próxima temporada”, disse o executivo.

Michael Lombardo não agiu de caguete, porém. O próprio Damon Lindelof justificou sua decisão. Confira o trecho, na íntegra, conforme divulgado pelo The Hollywood Reporter:

“Tom, eu e nossa incrível equipe de roteiristas e produtores tiemos um enorme cuidado em projetar essas temporadas como romances dentro de si mesmas, com começo, meio e fim. Quando terminamos nossa última temporada, ficou claro para nós que a série como um todo estava seguindo o mesmo modelo. E, com o nosso início e meio completos, a coisa mais empolgante para nós enquanto contadores de histórias seria dar um fim definitivo para The Leftovers. E, por ‘definitivo’, queremos dizer ‘descontroladamente ambíguo, mas, esperamos, mega-emocional’, como todudo relacionado a essa série veio a ser.”