sáb, 28 janeiro 2023

Belas Sonoriza celebra os 50 anos de “The Dark Side of The Moon” acompanhado de “O Mágico de Oz”

Publicidade

Um clássico de 1939 do diretor Victor Fleming, “O Mágico de Oz”, ganha sonorização ao vivo com as músicas do clássico álbum “The Dark Side of The Moon” de 1973 da banda Pink Floyd. O álbum histórico completa 50 anos em março de 2023. O evento, que acontece dentro do Belas Sonoriza – programação do Petra Belas Artes que traz um filme musicado ao vivo por uma banda convidada –  será realizado no dia 22 de janeiro (domingo) às 14h e 17h. A sonorização fica por conta da banda Pink Floyd Dream,  experiente em interpretar canções antológicas da banda britânica. E apesar de serem separadas por décadas, as duas obras se combinam perfeitamente, apresentando sincronismo entre trilha e magia. 

Estrelado por Judy Garland, a pequena Dorothy, O “Mágico de Oz” é considerado como um dos cinco melhores filmes da cinematografia americana pelo American Film Institute. O filme passou a ser visto como um anticonto de fadas em Technicolor, devido às suas muitas mensagens subliminares (e subversivas), que, até hoje, despertam infinitas interpretações, principalmente quando o filme é assistido acompanhado pela arrepiante trilha de “Dark Side of The Moon”.

Formada inicialmente por Syd Barrett (guitarra, vocal), Nick Mason (bateria), Roger Waters (baixo, vocal) e Richard Wright (teclados e vocal), mais tarde David Gilmour entraria no lugar de Syd Barrett. Pink Floyd se tornou um sucesso mundial nos anos 70. Os pubs londrinos foram primordiais para que a banda iniciasse a carreira. Slides coloridos projetados durante os shows foram uma marca registrada da banda, já que ninguém fazia aquilo ainda. Ali começava a abertura para a psicodelia e para o rock progressivo que definiriam o estilo do Pink Floyd. Além do som diferente, as letras filosóficas e inovadoras eram a marca da banda, que criou músicas enormes, com mais de 9 minutos.

Publicidade

O álbum “Dark Side of the Moon” foi lançado em 1973, e registra uma outra fase do Pink Floyd e é considerado o melhor do rock progressivo até os dias de hoje. Com vendas significativamente altas, chegando a mais de 45 milhões de cópias vendidas. Uma obra-prima que gerou grande repercussão no cenário musical, impactou positivamente toda a indústria fonográfica e ficou por mais de 14 anos nas paradas de sucesso dos Estados Unidos.

Pink Floyd Dream, a banda:
A Pink Floyd Dream é formada pelos mais experientes músicos e intérpretes da música da singular banda britânica, o Pink Floyd. Projeto que existe desde 2010 e que vem ao longo deste tempo aperfeiçoando valores individuais, capacitando e dando experiência aos músicos para encarar os mais originais desafios de uma banda cover de Pink Floyd.

Com equipamentos similares aos originais, como as guitarras e baixos Fender, de David Gilmour e Roger Waters; os teclados Hammond, Fender Rhodes e Minimoog, de Richard Wright; e a bateria de acrílico utilizada por Nick Mason na tour do álbum “The Dark Side Of The Moon”, a proximidade dos timbres é máxima.

Neste projeto a banda reproduz fielmente e com absoluta precisão de som e imagens o lendário sincronismo entre o filme “O Mágico de Oz”, de 1939, com o álbum “The Dark Side Of The Moon”, de 1973. Um espetáculo único, para assistir e ouvir.

Integrantes: Marcos Meneghel (voz e contrabaixo), Alexandre Chamy (voz e guitarra), Victor Melo (guitarra, voz e violão), Chico Weiss (teclados e voz), Cassiano MusicMan (bateria e percussão), Fabio Bizarria (saxofones e flauta), Carina Assencio (voz), Rachel Cossermelli (voz) e Regina Migliore (voz).

Sobre o filme
O MÁGICO DE OZ (The Wizard of Oz)
EUA, 1939, cor, 102 min., aventura/fantasia, idioma: inglês (legendado).
Direção: Victor Fleming (mais George Cukor, Mervyn LeRoy, Norman Taurog, Richard Thorpe e King Vidor, não creditados)
Elenco: Judy Garland, Frank Morgan, Jack Haley, Billie Burke, Margaret Hamilton, Charley Grapewin, Clara Blandick e o cãozinho Terry.
Sinopse: Dorothy e seu cachorro Totó são levados para a terra mágica de Oz quando um ciclone passa pela fazenda de seus avós no Kansas. Eles viajam em direção à Cidade Esmeralda para encontrar o Mago Oz, e no caminho encontram um Espantalho, que precisa de um cérebro, um Homem de Lata sem coração e um Leão Covarde que quer coragem. O Mago pede ao grupo que tragam a vassoura da Bruxa Malvada do Oeste a fim de ganharem sua ajuda.

Publicidade

Serviço:

Belas Sonoriza – “Dark Side of Oz”
Quando: 22 de janeiro

Horário: 14h e 17h

Onde: Cine Petra Belas Artes

Valores: R$60,00 e R$30,00 (meia, para estudantes e melhor idade). Poltronas numeradas. Em todas as salas, cadeiras adequadas para obesos e espaço para cadeirantes.

Ingressos: Na bilheteria ou pelo site http://www.cinebelasartes.com.br
Endereço: Rua da Consolação, 2423 – Consolação – São Paulo/SP

Publicidade

Telefone: (11) 2894-5781

Publicidade

Destaque

Hiccaro Rodrigueshttps://estacaonerd.com
Eu ia falar um monte de coisa aqui sobre mim, mas melhor não pois eu gosto de mistérios. Contato: hiccaro.rodrigues@estacaonerd.com

Deixe um comentário