Brian Cox detona Johnny Depp e outros colegas de Hollywood em livro de memórias; Confira!

Veja nossos últimos stories

Brian Cox (Succesion) revelou ao USA Today a sua autobiográfia, intitulada Putting the Rabbit in the Hat. O site por sua vez revelou alguns trechos da obra, onde o ator detona alguns astros de Hollywood como Johnny Depp, Quentin Tarantino e Steven Seagal. Confira:

Sobre Johnny Depp Cox diz, que recusou um papel na franquia Piratas do Caribe porque a considerava a obra “um show solo de Johnny Depp como Jack Sparrow”.

“Olhe para Edward Mãos de Tesoura. Vamos ser sinceros: se você chega no set com aquelas próteses nas mãos, e a maquiagem cheia de cicatrizes no rosto, não precisa fazer mais nada. E ele não fez. Subsequentemente, fez menos ainda em outros trabalhos. Mesmo assim, as pessoas o amam. Ou costumavam amá-lo”.

Sobre Tarantino, o ator revelou que considera os filmes do diretor “meretrícios“. Confira:

“É tudo superfície. Ele usa mecânicas de plot como substitutas para profundidade. Fui embora de Pulp Fiction no meio da minha sessão.”

Por fim, Cox falou sobre Seagal, colega de trabalho no filme Glimmer Man: O Homem das Sombras. Veja:

- Advertisement -

“Ele sofre daquela síndrome de Donald Trump, de achar que é mais capaz e talentoso do que realmente é, e parece não notar o exército de pessoas que é necessário para que essa ilusão seja mantida.”

O livro Putting the Rabbit in the Hat será lançado apenas em 2022 na livrarias.

Hiccaro Rodrigueshttps://estacaonerd.com
Eu ia falar um monte de coisa aqui sobre mim, mas melhor não pois eu gosto de mistérios. Contato: [email protected]

Deixe sua opinião!

Instagram

AS MAIS LIDAS

Casa Gucci – Confira a crítica do filme, por André Guerra Casa Gucci – Confira a crítica do filme La Casa de Papel 5 – Confira o título dos episódios finais Os 10 grandes lançamentos da Netflix em Dezembro de 2021 Gavião Arqueiro – Confira os easter eggs dos primeiros episódios Contos do Amanhã – Confira a crítica do filme