Cangaço Novo | Prime Video revelas primeiras imagens da sua nova série brasileira

Veja nossos últimos stories

O Prime Video revelou o início das gravações da sua nova série brasileira, Cangaço Novo. A série terá oito episódios de uma hora e será produzida pela O2 Filmes e vai contar com a direção da Aly Muritiba e Fábio Mendonça.

Confira as primeiras imagens:

Amazon Prime/ Divulgação

“Nosso foco na produção de conteúdo local diversificado dá um novo passo com Cangaço Novo, uma série repleta de ação que se passa no Nordeste do Brasil. Esta é uma oportunidade incrível de mostrar ao mundo as diferentes partes de nosso país e seus talentos, e sabemos que nossos clientes vão adorar essa história”, disse Malu Miranda, Head de Conteúdo Original Brasileiro do Amazon Studios.

A série conta a história de Ubaldo (Allan Souza Lima), um infeliz bancário da zona urbana de São Paulo sem nenhuma lembrança de sua infância. Ele descobre que tem uma herança e duas irmãs no sertão cearense: Dilvânia lidera um grupo que adora seu famoso pai falecido; e Dinorah é a única mulher em uma gangue de ladrões de banco. Ubaldo chega à cidade, passa a ser cultuado pela forte semelhança com o pai, e é chamado a cumprir seu destino como o novo mítico “cangaceiro” e líder supremo da gangue. Ubaldo terá que enfrentar bandidos, assassinos, policiais corruptos e literalmente explodir pequenas cidades enquanto embarca em sua jornada, tentando desesperadamente manter seus valores morais sob controle.

Cangaço Novo segue sem data de estreia definida.

Hiccaro Rodrigueshttps://estacaonerd.com
Eu ia falar um monte de coisa aqui sobre mim, mas melhor não pois eu gosto de mistérios. Contato: [email protected]

Deixe sua opinião!

Instagram

AS MAIS LIDAS

Casa Gucci – Confira a crítica do filme, por André Guerra Casa Gucci – Confira a crítica do filme La Casa de Papel 5 – Confira o título dos episódios finais Os 10 grandes lançamentos da Netflix em Dezembro de 2021 Gavião Arqueiro – Confira os easter eggs dos primeiros episódios Contos do Amanhã – Confira a crítica do filme