Chernobyl | A catástrofe do passado visitando o presente

Não é de hoje que ouvimos falar sobre o maior acidente nuclear da história, seja nas escolas, nos jornais ou até em séries. Sendo uma catástrofe imensurável, até hoje existem locais que sofrem os efeitos da explosão do reator 4 da Usina Nuclear, localizada em Prypiat, na Ucrânia.

Prestes a fazer o aniversário de 34 anos, o acidente que ocorreu em 26 de abril de 1986, resolveu dar uma “passadinha” no nosso presente pra meter medo na gente. Não que a gente tenha esquecido que, para a cidade de Prypiat se tornar habitável novamente, precisa passar um pouquinho de tempo ainda, tipo uns 20 MIL ANOS.

Mas tá tranquilo, tá favorável (ou não).

Antes de ontem, (domingo 12/04) foi reportado que bombeiros estavam tentando conter um incêndio na floresta radioativa desde o dia 04 desse mês, e que atingiu 35 hectares de queima em apenas 3 dias. Como se o incêndio por si só, já não fosse ruim o bastante (para o meio ambiente e para nós seres humanos), adiciona-se um pequeno adendo de que é a floresta radioativa que fica localizada ao REDOR da Usina de Chernobyl. E não para por aí, porque até domingo, o fogo já havia devastado 100 hectares, chegando a ficar a quase 100 km da capital da Ucrânia, Kiev.

Kiev tem 3 milhões de habitantes e o Centro Estadual de Radiação e Segurança Nuclear já lançou a braba avisou que a fumaça radioativa chegaria até a cidade. Entretanto, cientistas já acalmaram a população e disseram que essa fumaça não contém concentração perigosa de compostos radioativos. ALELUIA,ARREPIEI.

Sabemos o motivo que levou ao incêndio? Não sabemos. Mas cogita-se de que alguns agricultores tenham iniciado intencionalmente para queimar resíduos deixados após a colheita agrícola em alguns campos próximos ao local. (eita cambada de %#¨$&@*).

Felizmente, as autoridades estão fazendo o possível para conter o fogo, e foram enviados cerca de 400 bombeiros, 100 caminhões e até alguns helicópteros para ajudar no combate ao incêndio.

MAS PORQUE ISSO NOS ASSUSTA ATÉ HOJE?

Por que o acidente nuclear mais assustador da história, alcançou o nível máximo (pontuação 7) na Escala Internacional de Acidentes Nucleares. Sabe o que isso significa? Que a devastação causada pelas bombas que atingiram Hiroshima e Nagasaki ficam no CHINELO perto desse acidente. A explosão no reator da Usina liberou uma radiação 100 VEZES MAIOR do que as bombas que atingiram o Japão. Inclusive, alguns outros lugares relatam que foi  400 VEZES MAIOR.  Sendo 100 ou 400, já conseguimos ter uma noção do quão  perigoso foi esse acontecimento.

COMO COMEÇOU

No dia 26 de abril de 1986, estava agendada uma manutenção do reator, e nesse mesmo dia, os engenheiros também planejavam fazer um teste para saber se o reator conseguiria ser resfriado caso a usina ficasse sem energia. –OLHA SÓ QUE GÊNIO– Somando tudo isso à parte que os trabalhadores tiveram que DESLIGAR O MECANISMO DE SEGURANÇA pra realizar os procedimentos… nem parecia q ia dar merda né? Foi nessa hora que ocorreu uma oscilação na fonte de energia e o reator teve uma sobrecarga. O sobrecarregamento ocasionou em uma explosão, que acabou deixando o núcleo do reator exposto e liberando radioatividade na atmosfera. Nessa hora o c* dos cara não passava nem a radiação, certeza.

Embora a falha tenha sido humana, posteriormente descobriu-se que os reatores RBMK (que eram utilizados lá) também tinham um erro grave em seu projeto –ou seja, uma hora ia dar merda mesmo.

E nesse ponto, um reator que foi projetado para ser operado em 3.200 megawatts, ultrapassou 33 mil megawatts.

Série Chernobyl (HBO)

 Com a explosão, 2 trabalhadores morreram, e um incêndio começou no reator. O maior problema de todo o acidente, foi o incêndio e não a explosão em si. Isso se deve ao fato de que o incêndio e a fumaça foi o que jogou mais material radioativo na atmosfera constantemente. Os bombeiros de Prypiat foram convocados para apagar o incêndio. Como o trabalho dos bombeiros não trouxe resultados, decidiu-se jogar materiais, como areia e boro, para conter o incêndio e diminuir a dispersão do material radioativo. O acidente foi acobertado por 3 dias, porque naquela época estavam passando pela Guerra Fria onde muita coisa era encoberta pelo governo. -Só que uma catástrofe dessa magnitude não teria como passar despercebida.

No início a população acreditou que era só um incêndio difícil de apagar, mas consequentemente o material radioativo lançado na atmosfera se tornou uma nuvem de fumaça tóxica que acabou se espalhando pelo vento por vários países. Logo, foram identificados altos níveis de radiação na Polônia, Suécia, Áustria, chegando até em locais bem mais distantes, como Reino Unido, EUA e Canadá.

DAÍ PRA FRENTE, FOI SÓ LADEIRA ABAIXO !

Mesmo com o nível alto de radiação, demoraram 36 fucking horas pra evacuar as 50 mil pessoas que habitavam em Prypiat. -o governo soviético criou uma zona de exclusão, a qual incluía locais que apresentavam alto risco para a presença humana. Com isso, tudo em um raio de 30 km de distância da usina de Chernobyl foi evacuado. No entanto, ainda foi dito que seria uma evacuação temporária. Por isto, tudo ficou do modo como estava. Comida no prato, brinquedos no chão… Como demoraram para expor o ocorrido e deixaram todos pensando que era apenas um “foguinho difícil de apagar”, a população ficou exposta a radiação por tempo demais, o que resultou no aumento chocante no numero de mortes.

Série Chernobyl (HBO)

EFEITOS DA RADIAÇÃO NO CORPO HUMANO

Um dos efeitos mais eminentes do nosso corpo quando exposto à radiação em excesso, é contrair câncer em diversos lugares do corpo rapidamente. Tanto que, estima-se que os mortos por câncer (decorrente do acidente nuclear) esteja entre 4 e 93 mil.

Na literatura médica, o câncer é um dos problemas mais associados à radiação. Isso porque a radioatividade pode alterar o ‘relógio biológico’ das células, fazendo com que cresçam desordenadamente, formando tumores.”

Um outro dano que a radiação pode causar ao nosso corpo, é a destruição de células pelo calor.

O calor emitido pela radiação é tão forte que pode queimar bem mais do que a exposição prolongada ao sol. Portanto, um contato com partículas radioativas pode deixar a pele do indivíduo totalmente danificada, uma vez que as células não resistem ao calor emitido pela reação.” 

Série Chernobyl (HBO)

Podemos adicionar à esta conta, a parte em que vários médicos sugeriram o aborto às mulheres grávidas da época, pois os bebês poderiam vir a nascer com anomalias, defeitos congênitos e outros distúrbios por conta da exposição da mãe à radioatividade.

Temos também as consequências psicológicas e traumáticas que podem influenciar em mortes por suicídio.

“ Até hoje não se sabe a quantidade de pessoas que morreram por conta do acidente de Chernobyl, e esse é um dos assuntos mais polêmicos quando se fala do acidente. Existem estudos que sugerem que, até 2006, cerca de 4 mil pessoas tenham morrido em consequência do acidente, mas existem estudos que sugerem números de mortes mais elevados. Alguns estudos sugerem 9 mil, 16 mil, 60 mil, e existem estudos que apontam que até 90 mil pessoas possam ter morrido por causa do acidente. A verdade é que nunca se saberá ao certo quantas pessoas morreram.”

MUNDO ANIMAL E MEIO AMBIENTE

No mundo animal, os bichanos foram deixados para trás na evacuação da cidade. A maioria ficou perambulando por lá sozinhos, mas posteriormente uma equipe foi enviada para sacrificá-los. Ainda hoje existem alguns animais pela área, mas a expectativa de vida é bem menor do que seria se não estivessem em um ambiente inóspito.

O impacto ambiental mais conhecido é a chamada Floresta Vermelha, que consistem uma área de 10km² que fica em volta da usina. O nome Floresta Vermelha vem da cor avermelhada dos pinheiros que morreram após a absorção de elevados níveis de radiação do acidente.

ZONA DE EXCLUSÃO

Atualmente são conhecidas como Zona de exclusão, as áreas que ficam ao redor da região onde ficava a usina. É ilegal morar lá, devido ao alto nível de concentração de radiação. Mas ainda assim, segundo o Greenpeace, “mais de 5 milhões de pessoas ainda vivem em áreas contaminadas pela radiação, mesmo 30 anos após o acidente.”

E veja bem, você reles humano ainda pode fazer uma visitinha por lá, para conhecer tudo de perto. Obviamente são locais específicos, tudo acompanhado por guia turístico e você sempre será alertado para não colocar a mão nos objetos deixados lá. Mas você pode passar um dia por lá, e visitar alguns pontos. O cenário é chocante e com certeza, a experiência deve ser de outro mundo.

SARCÓFAGO

Por fim, foi construido uma estrutura que teria como trabalho, a contenção do material radioativo. Ela foi construída entre junho e novembro de 1986 (DOIS MESES DEPOIS do acidente). A estrutura recebeu o nome de Sarcófago de Chernobyl  mas em 2016 uma nova estrutura metálica foi construida pelo governo ucraniano. Ela custou dois BILHÕES de euros e mesmo assim, foi projetada para funcionar só até o final de século XXI. Ou seja, daqui 80 anos, já vai precisar de uma estrutura nova. E olha que ela possui aproximadamente 7.300 toneladas de metal e 1 mil metros cúbicos de CIMENTO.

E mesmo assim, as estimativas feitas por cientistas revelam que Chernobyl deve continuar inabitada por até 20 mil anos.

CRIME OCORRE NADA ACONTECE FEIJOADA ??

O governo soviético organizou uma comissão para descobrir o que ocorreu para que a catástrofe acontecesse. Por fim, seis pessoas foram julgadas pelo acidente no reator 4. Das seis pessoas, apenas 3 foram condenadas e pegaram dez anos de prisão: Viktor Bryukhanov, Nikolai Fomin e Anatoly Dyatlov.

“Viktor e Anatoly cumpriram cinco anos de prisão e foram anistiados. Viktor reside atualmente em Kiev, e Anatoly morreu em 1994 em consequência da exposição à radiação. Nikolai Fomin teve um surto mental e tentou suicídio, sendo depois transferido para uma clínica psiquiátrica.”

Trinta anos se passaram, e estamos aqui com esse fantasma do passado assombrando novamente. Não podemos esquecer que ainda em 2011, tivemos o acidente em Fukushima, no Japão, que também foi um acontecimento catastrófico. Um tsunami de magnitude 8,7 atingiu a ilha, causando uma falha e consequente derretimento de três dos seis reatores nucleares da usina.

O mundo hoje possui  450 reatores nucleares operando em 33 países e segundo a Agencia Brasil, esse numero deverá ser triplicado até 2050, o que faria representar 25% da eletricidade mundial.  Aqui no Brasil, temos duas usinas nucleares, que estão situadas no Rio de Janeiro. Atualmente, elas são responsáveis pela produção de 3% da energia consumida no Brasil. Uma terceira usina começou a ser construída, mas ainda está longe de ser finalizada. E ainda pretendem retomar o plano de construir entre 4 e 8 usinas nucleares aqui no país. Sabendo do aumento exponencial desse tipo de energia, só podemos contar com a sorte e conviver com o medo de que uma nova catástrofe aconteça.

Pra fechar a matéria,  vou deixar esse vídeo com vocês. As imagens foram feitas por um drone, e mostra Prypiat parada no tempo como uma cidade fantasma. FUI!

Deixe sua opinião!

Instagram

AS MAIS LIDAS

Sem Remorso | Novo filme de Michael B. Jordan tem estreia CANCELADA nos cinemas

Sem Remorso novo filme estrelado por Michael B. Jordan, teve sua estreia oficialmente cancelada nos cinemas. O filme deve estrear direto no streaming do Amazon...

Lanterna Verde | Série do HBO Max terá classificação adulta

De acordo com o site The Direct, a série de Lanterna Verde em desenvolvimento no HBO Max terá classificação adulta, conhecida como TV-MA na América...

Dexter | Nova temporada se passará 10 anos após a “última”

De acordo com informações do THR, o retorno de Dexter se passará 10 anos depois dos acontecimentos do fim da série, e...