Nomad Esports é a nova gestora do Corinthians Free Fire

Veja nossos últimos stories

Nomad Esports é a nova gestora do Corinthians Free Fire

Empresa passa a representar todas as áreas de infraestrutura e performance do time alvinegro do jogo digital Free Fire a partir de janeiro de 2022

Donato Votta, coordenador de Esports do Corinthians, João Gava, CEO da Nomad Esports, Duílio Monteiro Alves, presidente do Corinthians, e os irmãos e sócios da Nomad Esports, Ricardo Gracia e Sérgio Gracia, mostram a camisa do Corinthians Free Fire após a assinatura do contrato da parceria – Foto/ divulgação Nomad Esports

A Nomad Esports, empresa brasileira que atua na administração e desenvolvimento de projetos especiais de games e eSports para grandes marcas, é a nova gestora do Corinthians Free Fire, um dos maiores e mais vitoriosos times brasileiros do popular game de battle royale Free Fire.

A partir de janeiro de 2022, a Nomad Esports passa a ser a responsável pela administração do time alvinegro, incluindo a montagem do grupo de jogadores e comissão técnica, manutenção da gaming house, captação de patrocínios, contratação de funcionários e demais atividades de todas as áreas que envolvem infraestrutura e performance da organização de esportes eletrônicos.

“A gestão do Corinthians Free Fire será a prioridade da Nomad a partir de agora e vamos vestir essa camisa pesada em busca das maiores conquistas da modalidade para a fiel torcida”, disse João Gava, CEO da Nomad Esports. Publicadora de Skydome, game brasileiro de tower defense desenvolvido pela Kinship no Brasil e demais países da América Latina, a Nomad conta também com unidades de negócios em Xangai (China) e Orlando (Estados Unidos), e deve inaugurar um novo escritório em Dubai (Emirados Árabes Unidos) no ano que vem.

- Advertisement -

Para desenvolver o trabalho na gaming house, a Nomad Sports terá o reforço de Cleber Fonseca, cofundador do CNB LG UltraGear e experiente gestor de times e atletas de eSports, que assume o cargo de Head de eSports do Corinthians Free Fire nesta nova fase. “O nosso foco é realizar um trabalho sério, que honre a tradição desta camisa e a paixão do torcedor corintiano. Vamos montar um time competitivo, com o suporte de uma equipe multidisciplinar qualificada com fisioterapeuta, preparador físico, nutricionista e psicólogo, e trabalhar para levar o Corinthians ao bicampeonato mundial de Free Fire”, explica Fonseca.

Para informações sobre a Nomad Esports acesse o site .

Sobre a Nomad Esports – Fundada pela Kinship Entertainment, desenvolvedora de jogos 100% brasileira, a Nomad é uma empresa dedicada a fomentar a indústria de games e eSports no país. Formada por especialistas com mais de 10 anos de experiência no mercado de jogos em seus diversos campos de atuação, como agências de publicidade e marketing, desenvolvedoras e organizações esportivas, conta com vasta expertise internacional, especialmente no continente Asiático.

Além da publicação no Brasil e na América Latina do jogo brasileiro de tower defense Skydome, produzido pela Kinship, a Nomad também atua na organização de campeonatos, consultoria em games e eSports para grandes marcas, gestão em marketing e desenvolvimento de projetos especiais para uma indústria apaixonada que movimenta US$ 126 bilhões ao ano. Atualmente, a Nomad tem sede em São Paulo (Brasil), unidades de negócio em Xangai (China) e Orlando (EUA) e previsão de inaugurar um novo escritório em Dubai (Emirados Árabes), em 2022. Veja mais sobre a Nomad Esports no site e no Instagram .

Macaoshttps://estacaonerd.com/games
Macaos - Graduado em Jogos Digitais e desde 1998. escrevendo em sites e fóruns de games. Antes disso, colaborador em locadoras de games no início da década de 90; Emfim... um Old Gamer com muita experiência.

Deixe sua opinião!

Instagram

AS MAIS LIDAS

Gavião Arqueiro – Confira a análise do terceiro episódio! Chucky – Confira a crítica do episódio 6 Ataque dos Cães – Confira a crítica do filme La Casa de Papel – Confira a crítica da temporada final The Beatles: Get Back – Razões para assistir Deserto Particular – Confira a crítica do filme