seg, 28 novembro 2022

Crítica | A Casa do Dragão (Episódio 10)

Publicidade

Com o último episódio da Casa do Dragão já entre nós, a vista por todo o percurso da série mostra uma jornada que traçou caminhos seguros mas eficientes. O spin-off de Game of Thrones opta por não ser um sucessor espiritual da obra original, aqui temos uma obra muito menos crua e mais fantasiosa e com tons mais épicos. Elementos gráficos e algumas batidas narrativas ainda nos lembram que estamos vendo uma série no mesmo universo, mas a visão aqui é mais poética.

Um dos fatores que nos apontam isso é o tempo que a série nos dá para sentir o luto pela morte de personagens, ao longo da temporada várias figuras chaves faleceram de forma trágica ou natural, e a série nos dá momentos para sentir aquelas mortes. Não é preciso dizer o como isso difere de Game of Thrones, em que lá a visão da morte dos personagens era muito mais cínica para entrar em harmonia com os temas tratados na época. 

Um exemplo em A Casa do Dragão é como a morte da Princesa Visenya Targaryen é poetizada neste último episódio. Mesmo sendo um bebê que conhecemos um pouco mais que nada, o seu nascimento natimorto causa um impacto enorme na agora Rainha Rhaenyra, o trabalho de parto da sua primeira filha é uma cena dolorosa de se acompanhar. Esta poesia presente na narrativa de A Casa do Dragão é um elemento que entrega maior conexão do espectador com os personagens em tela. A cena nos compele a acompanhar a luta de Rhaenyra em paralelo com o crescimento da guerra que está por vir.

Publicidade

Tal guerra que está sendo montada por um impaciente Daemon Targaryen, o príncipe ignora quase completamente Rhaenyra para assim preparar os planejamentos e alianças que serão necessários no futuro. Aqui vemos como Daemon é movido pelo o fogo e o desejo da guerra, o motivo de tal impaciência para o conflito é bem claro, coroar Rhaenyra como rainha o transforma em rei. O desejo do personagem que é estabelecido desde sua primeira cena na série agora é aflorado e externado na forma da guerra. Mesmo com tal desejo, o pensamento de que Daemon nunca foi o verdadeiro herdeiro faz ele surtar, o personagem não conhecia a profecia da Canção de Gelo e Fogo, uma profecia que serve como uma conexão entre o spin-off e a obra original.

Emma D’Arcy, Rhys Ifans HBO House of the Dragon Season 1 – Episode 10 Photograph by Ollie Upton / HBO

Se opondo a Daemon e a outros lordes que clamam pelo conflito, Rhaenyra se estabelece como o posto mais sensato da mesa, representando uma sabedoria como governante que não quer iniciar um derramamento de sangue desnecessário. Mas tal sabedoria não se confunde com ingenuidade, a rainha reúne e busca seus aliados para um quase inevitável embate, mesmo que essa busca seja a própria causa do estopim da guerra.

A tarefa do jovem Lucerys Velaryon acaba se tornando uma tragédia para o reino. O embate com Aemond se torna responsável pelo início da guerra, a última gota para que assim a Dança dos Dragões comece.

A Casa do Dragão não demonstrou nenhuma dificuldade em se estabelecer como sua própria série. Fugindo do que Game of Thrones foi no início, a obra optou em ir mais em direção ao que a série original se tornou no seu fim, tal fato traz pontos positivos e negativos. Positivos por assim a história dos Targaryen poder ter uma liberdade maior de como suas batidas são construídas, mas negativas por essa liberdade ser usada para escolher narrativas mais seguras e com menos nuances que a obra original. Tornando assim, Casa do Dragão, uma série que nos dá bastante entretenimento, mas nunca optou por ir em temas ou visões mais profundas.

Publicidade

Destaque

Morre aos 72 anos Robbie Coltrane, o Hagrid da saga Harry Potter

O ator escocês Robbie Coltrane morreu aos 72 anos....

Crítica | Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa

Renato Russo em entrevista na década de 1980 declarou:...

Netflix | Plano com propagandas é lançado hoje; Confira detalhes.

A Netflix lançou hoje oficialmente seu plano "popular" que vai trazer anúncios...

Animal Control | Nova comédia da Fox adiciona Ravi Patel no elenco

Ravi Patel entrou para o elenco da próxima série...

Deixe um comentário