Crítica | A Comédia Divina

O longa traz o dilema do Diabo (Murilo Rosa) que vem perdendo seguidores na Terra e em uma reunião com seus ajudantes, ele resolve fundar a sua própria Igreja. Para isso, ele precisa ganhar espaço na mídia e é assim que a Raquel (Mônica Iozzi) entra na História.

Raquel é uma jornalista recém-formada que encontra uma maneira de estrelar na TV se relacionando com Matheus (Dalton Vigh), âncora de um jornal que não vai bem das pernas. Após Raquel ganhar o tão sonhado espaço na TV, ela precisa alavancar a audiência e a reportagem sobre a Igreja do Diabo é a sua grande cartada. A partir daí, tanto a igreja quanto a notoriedade de Raquel vão aumentando.


O filme, primeira comédia do diretor Toni Ventura, é inspirado no livro de Machado de Assis,” A Igreja do Diabo”, e traz, também, uma clara referência à obra do italiano Dante Alighieri, “A Divina Comédia” . Obra que retrata o Inferno, o Paraíso e o Purgatório, através de alegorias.

Apesar das influências, o filme não é tão interessante quanto as obras em que ele é baseado. O roteiro é previsível e recheado de clichês, alguns até ofensivos à classes, como a de jornalistas, por exemplo. Os efeitos especiais é outro aspecto que deixa a desejar, até por conta do orçamento, que é anos-luz distante de filmes Hollywoodianos.

Pra quem assistiu a série Vade Retro, da TV Globo, é impossível não lembrá-la ao assistir o filme. Inclusive por trazer Mônica Iozzi contracenando com o Diabo, na série, interpretado por Tony Ramos. Neste ponto, o filme deu azar por ter sido lançado após a série, tirando a possibilidade de apresentar qualquer originalidade.

O filme estreia dia 19 de outubro, quinta-feira, apesar de que poderia estar passando na sessão da tarde.

 

 

Deixe sua opinião!

INSTAGRAM

SE LIGA

Os 10 melhores filmes de 2018

A cada ano que passa somos surpreendidos com filmes cada vez melhores. Muitos, claro, já são aguardados por serem alguma continuação. Outros são ótimas...

Os filmes mais esperados de 2019

Primeiro dia do ano, mas já tem gente fazendo planos futuros pras estreias que acontecerão no cinema. Algumas delas, aguardadas desde 2018! Confira nossa lista...