Crítica | A Sogra que Te Pariu

Publicidade

A nova sitcom da Netflix, A Sogra que te Pariu, começa quando a pandemia se inicia. Dona Isadir (Rodrigo Sant’Anna) não pensa duas vezes antes de colocar para alugar seu apartamento no Cachambi, no Rio de Janeiro, com o intuito de ficar mais perto da família. A decisão de se mudar para a mansão de seu filho Carlos (Rafael Zulu), na Barra da Tijuca, é tomada de maneira unilateral e sem aviso prévio, para desespero de sua nora, Alice (Lidi Lisboa). Enquanto os netos Márcia (Bárbara Sut) e Jonas (Pedro Ottoni) se veem no meio do fogo cruzado, Marinez (Daniela Fontan), que trabalha há anos na casa, assiste a toda a confusão de um lugar privilegiado. Carlos tenta apaziguar as tensões dentro de casa, mas Alice não consegue conviver com a sogra de forma pacifica, pois a mesma segue criticando o tempo inteiro sua forma de gerenciar o lar. A pandemia, que eles acharam que duraria apenas algumas semaninhas, se torna uma vida inteira e Isadir segue tornando a vida de Alice um inferno. Mas mesmo diante de brigas e conflitos, no fim do dia a família consegue encontrar afeto uns nos outros.

Netflix/ Divulgação

“Uma aula de como não fazer uma sitcom!” Essa é a melhor expressão para definir a nova comédia da Netflix. A produção tem uma trama acelerada que não dá respiro em momento algum. Somos levados do nada ao lugar nenhuma durante 30 minutos em média. Cada episódio é uma tortura. Temos uma metralhadora de piadas, sacadas e tentativas frustadas de tentar fazer o espectador rir e não temos um mínimo desenvolvimento dos personagens centrais, de espaço entre as piadas. Tudo é muito jogado. Todos os personagens são caricaturas muito apresentadas. Para piorar a química entre o elenco é inexistente, alguns parecem até que se arrependeram de estar participando e estão ali claramente obrigados.

Rodrigo Sant’Anna (Zorra Total) tenta a todo custo desenvolver as piadas, mas seus parceiros de cena são atores, mas não são comediantes, eles não tem um timing para comédia e algumas piadas que funcionariam bem com comediantes, acabam não tendo o efeito desejado com o elenco da série. A ideia de multi câmeras da Netflix não funciona e a montagem às vezes corta as piadas no meio, sem esperar uma conclusão, o que atrapalha ainda mais o desenvolvimento da história. Que não já não é a da mais criativas.

Publicidade

Falar o quão ruim é a série A Sogra que Te Pariu é chover no molhado. Boa sorte, para quem tentar assistir essa produção insípida.

Publicidade

Newsletter

Destaques

Dia do Orgulho Nerd | Produções do Disney+ para comemorar maratonando

A data é comemorada na próxima quarta-feira (25) No dia...

Crítica | Love, Death + Robots (2ª Temporada)

Love, Death & Robots ganhou sua 2ª temporada na Netflix. Ao compararmos...

Fim de semana de Clássicos | Top Gun – Ases Indomáveis

Explorando novamente Top Gun: Ases Indomáveis é possível perceber...

Crítica | Stranger Things 4: Volume 1

Quando Stranger Things estreou em 2016, os fãs acompanharam...

Doutor Estranho 2 | Personagem de Daniel Craig na sequência é revelado; Confira!

Rumores apontam que Doutor Estranho 2 teria diversas participações especiais,...
Hiccaro Rodrigueshttps://estacaonerd.com
Eu ia falar um monte de coisa aqui sobre mim, mas melhor não pois eu gosto de mistérios. Contato: [email protected]

1 COMENTÁRIO

Deixe um comentário