qua, 18 maio 2022

Crítica | Apresentando, Nate

Publicidade

O musical ApresentandoNate da Disney conta a história de um garoto de 13 anos de Pittsburgh que tem o objetivo de ser um ator da Broadway. Após ser repetidamente ignorado e nunca escalado para os papéis principais, ele e sua melhor amiga, Libby, fogem para perseguir os sonhos de suas vidas em Nova York.

Disney+/ Divulgação

O novo musical da Disney é simples e tem algumas limitações, mas nada disso impede de considerar está uma boa produção. O motivo para afirmar isso é a energia contagiante que essa produção emite desde da primeira cena, na qual conhecemos o protagonista da história. O diretor e roteirista Tim Federle (O Touro Ferdinando) cria um ambiente digno da Broadway, repleto de energia, estilo e muita música. Todas as canções apresentadas na trama surgem de modo natural e fluem de modo orgânico, destaque para a apresentada na seleção e a do primeiro ato, que apresenta uma nova versão de “On Broadway”. Se existe problemas nessa aventura familiar é quando a viagem surge, pois diversas facilitações do roteiro, que acontecem para que a trama avance, ficam evidentes. Mas nada disso deve incomodar os espectadores.

O outro problema, que é um pouco mais inquietante é sobre a abordagem da temática LGBTQI+. Um garoto que ama musicais e tem problemas com seu irmão mais velho, que tem vergonha dele, são o foco da trama. Questões como autoaceitação são debatidos, mas apenas superficialmente e sempre estão focadas em servir mais como uma carta de amor à expressão artística musical do que qualquer outra coisa. O que não é ruim, mas impede do filme ser maior do que ele é. As resoluções de conflitos entre os irmãos e outros personagens surgem em horas oportunas e não soam tão verdadeiras como os conflitos e as alegrias que o protagonista tem com suas conquistas ao longo da projeção.

Publicidade

O musicais são repletos de energia e muito bem coreografados. A montagem é ágil e faz a trama do filme voar, que nem percebemos. É uma pena que as audições apresentadas sejam inteiramente focadas no protagonista e tão curtas. O elenco é composto por desconhecidos, que conseguem entregar boas atuações. Rueby Wood é carismático e canta muito bem, conquistando a audiência com seu personagem. Aria Brooks (Harriet) é o grande destaque da trama e apresenta uma personagem cheia de atitude e estilo. O filme ainda reserva uma participação surpresa que entrega uma personagem que tem um conflito, que poderia ser abordado de melhor maneira.

Apresentando, Nate é uma produção divertida e inspiradora, que com sinceridade mostra para os adolescentes como é importante ter grandes sonhos e correr atrás deles. Assista essa produção, se inspire e corra atrás do que almeja.

Publicidade

Newsletter

Destaque

Crítica | La Casa de Papel (5ª temporada)

Chegou ao fim La Casa de Papel! Se prepare...

Pacificador | John Cena quer casar James Gunn usando a roupa do personagem da série

Em entrevista à revista People, John Cena comentou que estaria...

Crítica | Vai Dar Nada

Estreia nesta quarta no streaming do Paramount+, Vai Dar...

The Marvels | Foto dos bastidores confirma presença de atriz no elenco; Confira!

A atriz Zenobia Shroff‎‎ que interpretará Muneeba Khan, a...
Hiccaro Rodrigueshttps://estacaonerd.com
Eu ia falar um monte de coisa aqui sobre mim, mas melhor não pois eu gosto de mistérios. Contato: [email protected]

Deixe um comentário