qua, 10 agosto 2022

Crítica | Beavis e Butt-Head: Detonam o Universo

Publicidade

Beavis e Butt-Head Detonam o Universo é o segundo longa-metragem estrelado pelos jovens sem noção. Escrito e dirigido por Mike Judge, também responsável por dar voz a Beavis, Butt-Head e outros personagens. Serve como uma sequência do longa de 1996: Beavis and Butt-Head Do America, mas se adaptando para temas mais explorados pela cultura pop nos dias de hoje, como multiverso e viagem no tempo.

Neste novo especial da Paramount+, Beavis e Butt-head voltam à TV para uma história selvagem. Após serem condenados ao Acampamento Espacial por um juiz em 1998, a dupla faz uma viagem em um ônibus espacial que passa por um buraco negro e ressurge nos dias atuais. A hilaridade segue enquanto eles tentam navegar na tecnologia moderna e aprender o que perderam desde seu desaparecimento.

Considerado um sucesso da televisão nos anos 90 e com um revival em 2011 de uma temporada, o cenário mudou na MTV. A rede tinha menos foco em música com mais ênfase em reality shows, e enquanto Beavis e Butt-Head ainda assistiam a vídeos ocasionais em seu programa, eles passavam muito tempo comentando sobre os próprios programas da emissora. Com essa volta, muitos fãs de longa data gostaram do retorno e pediram por muito tempo mais episódios, agora, finalmente a dupla retorna com um filme e um série nova anunciada para o Paramount+.

Publicidade

O segredo do filme não é surpresa: os dois personagens são estúpidos, existem situações grotescas e diálogos idiotas, mas no contexto do longa isso é maravilhoso! A obra se trata de uma reconexão com os antigos fãs da série, ela não parte de uma ideia de convidar novas pessoas ou apresentar os personagens, tudo funciona como mais uma aventura da dupla. Mesmo assim, devido ao tipo de humor, é possível ser uma espécie de chamada para o surgimento de novos fãs, muito devido ao tipo de aventura apresentada: o multiverso.

As piadas do filme funcionam como uma escala, começa tudo com um mal entendido e vão avançando com os personagens no espaço, buraco negro, viagem no tempo e até versões alternativas. Quando eles são transportados para o mundo de 2022, espera-se uma reação exagerada dos dois personagens devido as enormes mudanças dos anos 90 para agora, mas o filme escolhe apenas pontuar pequenos detalhes. Existe a brincadeira envolvendo a tecnologia, representada pelo celular. Beavis e Butt-Head são conhecidos pelos famosos “reacts” na antiga série, mas a obra não explora toda esse limite que poderia ser alcançando na passagem de tempo. No entanto, existe a melhor piada do filme envolvendo discussões pertinentes de privilégio branco e questões de respeito, uma combinação perfeita da burrice dos personagens com o contexto mundial.

Beavis e Butt-Head Detonam o Universo é um volta respeitosa da dupla, tudo está devidamente característico: as risadas, piadas, gestos, até mesmo o famoso Cornholio! A animação é lindíssima, um 2D extremamente bem adaptado para os tempos modernos, os traços simples continuam, mas é tudo elevado para um novo nível. A diversão é totalmente garantida nos simpáticos 85 minutos do longa, é a prova que esses personagens ainda possuem espaço no entretenimento e merecem uma nova série. Os fãs estão servidos.

Publicidade

Newsletter

Destaque

Rick and Morty | Confira o teaser da 6ª temporada!

A sexta temporada de Rick and Morty ganhou um novo teaser que mostra...

Crítica | Vai Dar Nada

Estreia nesta quarta no streaming do Paramount+, Vai Dar...

Crítica | A Maldição da Chorona

O universo de Invocação do Mal (UIM), chegou como...

Ambulância | Suspense com Yahya Abdul-Mateen II ganha novo cartaz oficial; Confira!

A Universal Pictures liberou um novo cartaz do longa do suspense Ambulância:...

Deixe um comentário