A estreia da 11ª temporada de Doctor Who aconteceu neste domingo, dia 07/10, (já temos uma Doutora) com direito a transmissão simultânea de Londres para os cinemas. Jodie Whittaker brilhou muito, mas o episódio em si deixou um pouco a desejar.

doctor-who-13-companions Crítica | Estreia da 11ª temporada de Doctor Who [Sem Spoilers]

Seguindo a fórmula de sucesso de exibir os episódios mais aguardados no cinema, a abertura da 11ª temporada de Dorctor Who, com a estreia 13ª Dourora, Jodie Whittaker, foi um presente para os fãs da série. Aqui em Porto Alegre foram duas sessões às 17h e às 19h, em dois cinemas. Todas lotadas. Desta vez eu fui em um cinema menor, então não cheguei a presenciar cosplays, nem aplausos no final da sessão, mas isso não diminuiu a experiência de assistir a um episódio da minha série favorita no cinema rodeado de fãs, em primeira mão, volume alto e telão.

E o primeiro episódio da 11ª temporada de Doctor Who foi grandioso. Além de resolver a queda da Doctor – no último episódio ela caiu da TARDIS e ficamos sem saber o que aconteceria com ela -, um vilão misterioso surge para complicar a vida da 13ª doutora que ainda está passando pelo processo de regeneração.

Para quem não assiste a série, é bom explicar que esse primeiro episódio, pós regeneração, é sempre tenso. Porque o Doctor precisa descansar, ainda não sabe direito que ele/ala é, a confusão é mantida até que ele “acorde”. E demorou para ouvirmos a Jodie Whittaker grita “Eu sou a Doutora”. Fico arrepiada só de lembrar!

DoctorWhoSeason11JodieWhittaker Crítica | Estreia da 11ª temporada de Doctor Who [Sem Spoilers]

 

Antes mesmo dela dizer essas palavras, já tínhamos visto nela o personagem. É incrível a força dessa mulher! Nesse período de transição vimos um pouco do 10º, 11º e 12º doutor. Jodie Whittaker é brilhante! E já vimos que tipo de doutora ELA É. E ideia do tom da série nessa 11ª temporada de Doctor Who.

Neste ponto, uma crítica: não gostei! Em vez de uma companion, serão vários personagens acompanhando as aventuras da nova Doutora ao longo dos episódios. Isso cria aquela “cena” a cada mudança de elenco: de apresentação, de estabelecer relação de confiança e etc. Mas, sempre existe a possibilidade de a gente gostar e se divertir muito, como aconteceu nessa abertura.

Sobre esse episódio em si, não foi dos melhores. Criaram um anti-clímax bem ruim (não vou dar Spoiler, depois de assistir me digam se não foi ruim mesmo). A personagem de “Doctor Who” vai crescendo ao longo do episódio, e depois vem aquele clima xôxo. Fora isso, achei meio parado em alguns momentos, e um vilão pouco criativo.

Doctor-Who-11x01-jodie Crítica | Estreia da 11ª temporada de Doctor Who [Sem Spoilers]

O que salvou mesmo foi a atuação da Jodie Whittaker e as soluções que ela encontra para desenrolar a trama construída no episódio. O modo como ela “fez” coisas de que precisava – vale lembrar que ela cai da TARDIS com a roupa do corpo e nada nos bolsos -, como ela descobre que é uma mulher, a escolha do novo figurino, gente! É emocionante.

Assistam a esse episódio, e assistam Doctor Who. Porque a 11ª temporada da série é icônica e vai fazer história com a Primeira mulher a assumir o papel de Doctor em 55 anos!

Ah! E o novo tema de abertura está lindo, assistam!

No Brasil a série será transmitida pelo Crackle, serviço de streaming disponível para quem tem assinatura em alguma Operadora de TV paga.