sex, 23 setembro 2022

Crítica | Ingresso para o Paraíso

Publicidade

George Clooney (Amor Sem Escalas) e Julia Roberts (Uma Linda Mulher), são atores consagrados que se reúnem em Ingresso para o Paraíso, para interpretar um ex-casal que se depara com a complicada tarefa de impedir a sua filha, cega de amor, de cometer o mesmo erro que eles cometeram no passado. A comédia romântica estrelada pela dupla foca em debater sobre as segundas oportunidades que a vida reserva.

Ingresso para o Paraíso é uma comédia simples e bastante objetiva na sua proposta: falar sobre segundas chances e explorar ao máximo o talento e carisma da dupla vivida por Clooney e Roberts. O filme dirigido por Ol Parker (Mamma Mia: Lá Vamos Nós de Novo!) cria uma ambientação charmosa e que propicia uma trama que coloca os atores em constante destaque. Parker dá espaço e, principalmente, tempo para que a história se desenvolva sem atropelos. Um ponto bastante louvável e na hora certa a dupla de atores ganham destaque. Desse ponto em diante, o que vemos são divertidas e ácidas ofensas sendo trocadas entre o casal, que conseguem convencer que se odeiam. Tudo na trama é construído em torno dos atores que possuem uma química incrível em cena e que conseguem ofuscar todos os demais personagens da trama. Esses elementos aliados a uma trama sóbria, que pouco ousa nas suas tomadas e na sua narrativa, e simples, consegue mostrar os dois lados dessa relação odiosa entre o casal. As situações nas quais os personagens são inseridos são bastante críveis e divertidas.

Além da dupla protagonista, que é maravilhosa, quem também merece destaque no elenco é o ator Lucas Bravo (Emily em Paris) que apresenta um personagem divertidamente interessante, que funciona como contraponto a tudo que o personagem de Clooney representa. A química entre todo o elenco é notável, sendo visível o clima de descontração durante as filmagens. Porém, se temos um problema é em relação a história. A trama é simples e bastante decidida em qual mensagem que passar para o público (mesmo exagerando a dose no ato final). Mas não espere nada de emocionante, reviravoltas ou alguma novidade. O que temos é uma comédia romântica clássica, que utiliza bem o seu tempo para contar sua história e que segue à risca a velha e conhecida cartilha de comédias românticas. Nostalgia é a palavra que define essa trama que tem um clima de anos 90. Vemos poucos efeitos especiais em todo o filme, é os que são inseridos na história, são acrescentados de modo discreto e não destoam das belas locações escolhidas. Por fim, a trilha sonora é empolgante e embala bem o ritmo da produção.

Publicidade

Em resumo, Ingresso para o Paraíso é uma produção despretensiosa, leve e divertida! Um filme obrigatório para os fãs de comédias românticas e, principalmente, para os fãs de George Clooney e Julia Roberts, que estão muito bem em cena. Assista e se apaixone, novamente, o quanto antes.

Publicidade

Newsletter

Destaque

Paddington | Curta para comemorar Jubileu da rainha é lançado no Youtube; Assista!

Paddington e a Elizabeth II se uniram em um curta-metragem....

Crítica | Vai Dar Nada

Estreia nesta quarta no streaming do Paramount+, Vai Dar...

Adão Negro | Ator revela bastidores dos efeitos visuais do filme; Confira!

Dwayne Johnson revelou no Instagram algumas fotos dos bastidores da...
Hiccaro Rodrigueshttps://estacaonerd.com
Eu ia falar um monte de coisa aqui sobre mim, mas melhor não pois eu gosto de mistérios. Contato: [email protected]

Deixe um comentário