Crítica | Jumanji: Próxima Fase

Jumanji é um filme que marcou época e a juventude de muita gente. Por isso, muitos não receberam com bons olhos o remake/reboot do filme original, incluindo quem escreve, principalmente após Robin Willians (Pacth Addams) ter falecido. Jumanji: Bem vindo à selva estreou nos cinemas em 2017 e foi uma grata surpresa, conquistou a crítica e o púbico. O filme realmente era bom, bem divertido. Com o sucesso veio a possibilidade de fazer mais dinheiro e também a chance de fazer bobagem com uma sequência desnecessária. Bom, 2020 chegou e com ele vem a estreia de Jumanji: Próxima Fase, que acontece nessa quinta (16/01) e acreditem: o parecer desta nova aventura é positivo. A nova aventura é tão divertida quanto primeiro filme (de 2017) e realmente te leva a um novo nível de diversão.

A nova aventura se passa cerca de um ano após os acontecimentos de Bem Vindo à Selva e trás Spencer de volta ao mundo fantástico de Jumanji. Os amigos Martha, Fridge e Bethany entram no jogo e tentam trazê-lo para casa. Mas eles logo descobrem mais obstáculos e perigos a serem superados. Basicamente a mesma história do primeiro filme. Porém, coloque toda essa sinopse no nível hard do seu game de aventura e se prepare para uma dose incrível de diversão e muitas piadas (mesmo que algumas se repitam a cada 5 minutos).

O roteiro talvez seja a parte mais fraca desse novo longa. Não há razões aparentes para essa nova aventura ocorra e o motivo para que isso aconteça soa mais como uma desculpa esfarrapada do que como um bom argumento. A trama também perde a chance de aprofundar os seus personagens emocionalmente e ignora esse aspecto em diversas situações durante a projeção. A nova trama se apoia em tudo que deu certo no primeiro filme, leia a química do seu elenco principal: Dwayne ‘The Rock’ Johnson, Kevin Hart, Jack Black e Karen Gillian (que acreditem se quiser estão em mais sintonia do que no primeiro filme). Os destaques no quesito atuação vai para as interpretações de The Rock e Hart que fazem uma divertida paródia dos personagens de Danny DeVito (incrivelmente se divertindo) e Danny Glover (completamente desperdiçado) Até Gillian que na primeira aventura foi o elo mais fraco, aqui aparece mais a vontade e rouba a cena em alguns momentos. Esse quarteto de atores é carismático e irá te conquistar com suas atuações. Os demais atores do elenco possuem pouco tempo em tela, mas cumprem bem o seu papel.


As sequências de ação dentro do videogame são maiores e ocupam mais tempo do que a aventura anterior, dando um ar verdadeiro de “game de aventura” a trama. O ponto negativo é o CGI usado nas criaturas, que ainda é bem artificial.

Jumanji: Próxima Fase é uma aventura agradável que se repete em alguns momentos (leia piadas e situações), mas que nem por isso deixa de ser um bom divertimento nessas férias. Compre a pipoca e se divirta.

Obs: o filme possui uma cena pós crédito que essa sim irá levar Jumanji a um novo nível.

Nota:
Hiccaro Rodrigueshttps://estacaonerd.com
Eu ia falar um monte de coisa aqui sobre mim, mas melhor não pois eu gosto de mistérios.

Deixe sua opinião!

INSTAGRAM

AS MAIS LIDAS

Amazon Prime | Confira a lista de lançamentos de Fevereiro de 2020

A Amazon já divulgou sua lista de estreias para o mês de Fevereiro de 2020 no seu serviço Amazon Prime! O destaque...

Os 10 melhores filmes de 2018

A cada ano que passa somos surpreendidos com filmes cada vez melhores. Muitos, claro, já são aguardados por serem alguma continuação. Outros são ótimas...