Crítica | O Internato: Las Cumbres ( El Internato: Las Cumbres) – 1ª Temporada

Os jovens que frequentam o internato: Laguna Negra são rebeldes e problemáticos (isso fica claro nos primeiros minutos da série). Nesta instituição eles são submetidos a uma disciplina rígida (e cruel) imposta pela direção a fim de os reintegrar na sociedade. Um grupo de alunos segue uma série de pistas que os levam a descobrir grandes conspirações que podem colocar suas vidas em perigo. A série espanhola O Internato: Las Cumbres é um reboot de outra produção chamada O Internato, e estreia no dia 19 de fevereiro no Amazon Prime Video.

O Internato: Las Cumbres é uma produção espanhola ousada em sua proposta, pois cria uma trama típica adolescente e nela adiciona doses de suspense/terror (pelo menos tenta), criando algo que se assemelha a séries como Riverdale e Elite. A trama inicia apresentando o colégio interno, revelando como este é um local isolado do mundo exterior, mostrando belas cenas panorâmicas do lugar. Após isso, somos apresentados aos protagonistas e vemos as relações entre eles e com os demais moradores do local (funcionários e outros estudantes). Com um episódio quase didático entendemos como o local funciona e quem é quem na trama. O problema, é que este clima didático perdura por 4 episódios! Pouco suspense e terror são vistos nesse início, temos uns sustos aqui e acolá, mas apenas após o 4º episódio e que as coisas engrenam. A série aposta mais no carisma do seu elenco para conquistar o público do que na história em si.

Um outro problema da série é o grande número de personagens centrais, os mais desligados podem confundir alguns personagens que vem e vão sem muita cerimônia. Os destaque da série são: Claudia Riera (Vis a Vis: El Oasis) que de longe possui o arco mais bem desenvolvido de todos os personagens na obra. A estreante Daniela Rubio também constrói uma personagem interessante e que possui um caráter muito dúbio na série. O roteiro é irregular, conseguindo até criar alguns momentos bastante inspirados, mas não consegue manter a sensação crescente de tensão ou terror num episódio inteiro. A direção acerta na ambientação e consegue criar suspense em algumas cenas. A fotografia é outro ponto de destaque. As cenas a noite realmente passam a sensação de que algo está a espreita espionando. Os mistérios criados na histórias são interessantes e o pecado é o tempo para serem desenvolvidos, a série carece de ritmo e foco.

O Internato: Las Cumbres acerta na ousadia, mas erra a mão ao não conseguir ter um foco bem definido. Uma trama bem definida com toque de diversos elementos é uma coisa, aqui temos um toque de muitas coisas sem nada definido. A história da série em alguns momentos nós leva do nada para lugar nenhum. No fim a série tem alguns bons momentos dispersos nos episódios da primeira temporada. O final promete que o segundo ano da série será melhor. Vamos aguardar para ver se com foco e disciplina a série consegue atingir todo seu potencial.

NOTA
Hiccaro Rodrigueshttps://estacaonerd.com
Eu ia falar um monte de coisa aqui sobre mim, mas melhor não pois eu gosto de mistérios.

Deixe sua opinião!

Instagram

AS MAIS LIDAS

Escola SAGA promove hoje (24) o primeiro “Papo de Artista”

Escola SAGA promove hoje (24) o primeiro "Papo de Artista" em seu canal na Twitch Estreia do programa será...

Loki | Disney+ divulga data de estreia da série!

A Disney+ acabou de revelar a data de estreia de Loki, nova série da Marvel Studios estrelada por Tom Hiddleston. A estreia...

Homem Aranha 3 | Tom Holland divulga imagem com possível título do filme

Todo mundo está ansioso pra saber a trama e o que deverá acontecer no novo Homem Aranha. Acontece que agora a pouco...