Crítica | Os Pequenos Vestígios (The Little Things)

Veja nossos últimos stories

O delegado adjunto do condado de Kern, Joe “Deke” Deacon (Denzel Washington), é enviado a Los Angeles para o que deveria ser uma rápida coleta de provas. Em vez disso, ele se envolve na busca por um assassino em série que está aterrorizando a cidade. À frente do caso, Jim Baxter (Rami Malek), delegado do Departamento de Polícia de Los Angeles, impressionado com os instintos de Deke, designa o policial, extraoficialmente, para ajudá-lo. Mas enquanto eles rastreiam o assassino, Baxter não sabe que a investigação está desenterrando ecos do passado de Deke, revelando segredos perturbadores que podem ameaçar mais do que seu caso. O longa tinha tudo para dar certo, mas deu errado, muito errado.

Sendo mais direto que o filme, Os Pequenos Vestígios é apenas uma obra regular, que mostra que poderia ser mais do que é se o roteiro fosse mais objetivo e o ritmo da trama não fosse tãoooooo… Lento. O diretor e roteirista John Lee Hancock (Estrada Sem Lei) constrói uma história que de início já deixa claro que os pequenos detalhes são a peça chave deste thriller. Porém, o tempo passa e nada acontece, nenhuma peça e oferecida. Pasmem, nenhum crime é cometido. Mas algo acontece e… Novamente entramos em inércia, até a chegada do personagem de Jared Leto (Clube de Compras Dallas) que agita um pouco a trama, com um tímido jogo de gato e rato, que termina com uma reviravolta, que é interessante, bem construída mas quase não causa impacto pela lentidão da narrativa. A montagem também não ajuda muito, as cenas de flash back surgem de modo aleatório, algumas cenas são picotadas sem nenhuma necessidade. Situações que não ajudam o filme a melhorar.

O elenco estrelar, não está nos seus melhores dias: Rami Malek (Bohemian Rhapsody) está pra lá de inexpressivo. Denzel Washington (Chamas da Vingança) até tenta construir algo, mas meio que recicla personagens antigos. Leto é disparado o melhor em cena, construindo um personagem ambíguo e misterioso, o modo de falar e a postura do ator impressionam. O longa sempre deixa (pode ser proposital) a sensação de querer replicar o que vimos em Seven: Os Sete Crimes Capitais. Mas o resultado final fica aquém da obra citada, na verdade fica abaixo de qualquer expectativa positiva. O roteiro foca nos diálogos repletos de eloquência afim de conquistar o espectador, mas poucas cenas empolgam (as que empolgam, em geral envolvem o personagem de Leto).

Os Pequenos Vestígios é um suspense que não impressiona e nem causa algum impacto, só não é pior devido ao carisma do seu trio de atores, que mesmo não entregando suas melhores atuações, ainda fazem a diferença e impedem do filme cair no total fracasso.

Revisão Crítica

NOTA
Hiccaro Rodrigueshttps://estacaonerd.com
Eu ia falar um monte de coisa aqui sobre mim, mas melhor não pois eu gosto de mistérios. Contato: [email protected]

Deixe sua opinião!

Instagram

AS MAIS LIDAS

My Little Pony: Nova Geração – Confira a crítica do filme Cry Macho – Confira a crítica do filme A Menina que Matou os Pais – Confira a crítica do filme O Menino que Matou Meus Pais – Confira a crítica do filme Os 5 grandes lançamentos da Netflix em Outubro de 2021 What If…? – Confira os easter eggs do sétimo episódio!