seg, 30 janeiro 2023

Crítica | Recruta

Publicidade

Uma carta pode levar a um mistério global? A resposta você encontra na nova série da Netflix: Recruta. A trama irá acompanhar um advogado da CIA e suas aventuras ao tentar evitar que segredos de estado sejam expostos. O que vem a seguir é uma corrida para descobrir a verdade enquanto consolida seu lugar na agência. Os créditos do criador e roteirista Alexi Hawley incluem The Rookie e The following. O showrunner e produtor executivo também escreveu o episódio de estreia.

Você deve se lembrar de Noah Centineo de seu papel de destaque como o charmoso e afável Peter Kavinsky em Para Todos Os Garotos Que Já Amei de 2018. Desde então, ele expandiu constantemente seu repertório, interpretando um zagueiro digno de paixão em Sierra Burgess é uma Loser e Esmaga-Átomo em Adão Negro da DC.  Centineo também tem agora em seu currículo Recruta, uma série da Netflix que parece ter sido feita do mesmo tecido que Jack Ryan e Reacher, mas de uma perspectiva muito mais jovem. Na verdade, Owen Hendricks, o recruta titular, tem apenas 24 anos e, mesmo quando a primeira temporada chega ao fim, ele ainda está aprendendo as cordas do mundo da espionagem.

A série centra-se em Owen Hendricks, de Centineo, um advogado novato na CIA que rapidamente percebe que, se quiser ter sucesso no Gabinete do Conselho Geral, deve aprender a navegar nos mundos complicados e sobrepostos da lei e espionagem.

Publicidade

Recruta revela os primeiros passos de um advogado ao entrar na área jurídica da CIA e o espírito de equipe que rodeia a área.  No primeiro dia de Owen na empresa, ele é zombado pelos colegas que dizem o que ele deve fazer, ou seja, mandam as obrigações que eles não querem realizar. Sua primeira tarefa é ler cartas com ameaças diretas à Agência Central de Inteligência. Em uma das milhões de mensagens enviadas, uma delas é de uma antiga colaboradora, Max Meladze (Laura Haddock), que planeja expor a agência se não for exonerada, Owen sente que o bilhete de Max contém ameaças reais e decide averiguar por si. Até que ele forma uma aliança obrigada com Max Melendez. Ou seja, uma vez cúmplices, para sempre serão. Owen se encontra em um mundo complicado cheio de poderes absurdos e agentes duvidosos. 

Recruta começa simples e com Noah Centineo mostrando que é mais que um galã de romances ou um super herói que serve apenas de alívio cômico. Infelizmente ele está em uma série fraca que se arrasta ao longo dos oito episódios de 50 minutos.  A ideia central é astuta o suficiente: pegue a linguagem dos thrillers de espionagem e aplique-a a um protagonista millennial (Ofereceram um martini em uma festa chique e nossa figura juvenil de Bond pede, em vez disso, uma cerveja). Como dito, Owen é um advogado novato da CIA que se depara com uma carta de uma funcionária da agência encarcerada (Laura Haddock). Logo, Owen se encontra em um relacionamento complicado com uma mulher cujo conhecimento inclui como manipular uma mão de agência inexperiente.

Há momentos de faísca aqui, como quando Owen tenta treinar Max enganando um teste de polígrafo. Mas muito da série parece estar no piloto automático. A ação, bombástica e violenta, começa a correr junto, usada para atrair o interesse um tanto ao acaso. Gestos de humor, como quando Owen arruina seu terno em Viena e compra um moletom com a inscrição “Vienna Bitch” para usar em casa, acena para a ideia de que as piadas pertencem a série mais do que as piadas. E os relacionamentos de Owen com seu círculo social – junto com as recriminações de que sua agenda lotada de espionagem o impede de ser um amigo totalmente envolvido.

Recruta é cheio de ação e de reviravoltas, tem um senso de humor inteligente e sarcástico e é extremamente complicado, mas essa é uma das principais razões pelas quais chama atenção. Existem séries como Succession ou Better Call Saul que se encaixam nessa definição de prestígio em que, toda vez que um novo episódio chega, é necessário que você dedique uma noite inteira a ele. Então existe uma série como o Recruta. A qualidade está lá, a história é intrigante e tem todos os seus encantos, mas também é o tipo de série que você precisa de um dia para assistir. 

Centineo foi a escolha perfeita para interpretar um personagem como Owen. Ele tem todas as características de um protagonista irresistível, não apenas com apelo sexual, mas interpretando um personagem tão cativante, honesto e, francamente, bastante identificável. Obviamente, as histórias que o seguem tentando impedir uma conspiração internacional não são algo com que se lida diariamente, mas a série também lança uma luz sobre sua vida pessoal, incluindo sua vida amorosa, desde a convivência com sua ex-namorada (Fivel Stewart) por quem ele pode ou não ainda ter sentimentos, ou seu romance com sua colega de trabalho mais velha (Kaylah Zander), essas subtramas às vezes chegam perto de ultrapassar o limite de boas-vindas, mas, ao mesmo tempo, elas também nos dão uma pista no que está acontecendo (ou não) dentro da cabeça de Owen.

Existem algumas cenas dedicadas a romances individuais, mas ambas são tão superficiais que é difícil se envolver emocionalmente em comparação com tudo o que está acontecendo. As quedas de agulha também podem ser opressoras às vezes e tornam a edição da série chocante, especialmente ao fazer a transição de algumas das cenas mais pesadas. Esse tipo de edição também torna o ritmo, às vezes, instável; cada episódio dura cerca de 50 minutos e, embora alguns desses episódios se movam na velocidade da luz, outros estão demorando um pouco demais. Talvez se a série fosse lançada semanalmente, isso não seria um problema tão visível. 

Publicidade

Quando se trata de ação, aqueles que são fãs de outros programas de espionagem modernos provavelmente ficarão satisfeitos. Não é tão violento quanto algo como Reacher ou The Terminal List. Dado ao que a série traz, o tom de ação combina bastante com o que a série propõe. 

Dê isso a Recruta termina com um bom suspense, elegantemente semeado ao longo da temporada. O problema são as linhas narrativas da série que são atoladas em humor flácido. No final, o espectador que estava ansioso para ver o que estava por vir para a série; se preparem, leva muito tempo para chegar em seu ápice, se é que tem um.

A Netflix fez a escolha certa ao escolher lançar a série  logo na temporada de férias, com o fim próximo de alguns de seus principais programas, parece que pode ser o início de uma nova franquia para o streamer, bem como um promissor próximo passo na carreira de Centineo. Não vai ganhar prêmios, mas a série não tem esse intuito. 

O Recruta ainda conta com Fivel Stewart, Vondie Curtis Hall, Kristian Bruun, Aarti Mann, Colton Dunn e Daniel Quincy Annoh e todos os oito episódios de Recruta estão disponíveis na Netflix. 

Publicidade

Destaque

Morre aos 45 anos, a atriz Annie Wersching da série 24 Horas

Segundo informações do Deadline, a atriz Annie Wersching, da...

Homem-Formiga 3 | Sequência tem novo comercial inédito revelado; Assista!

Homem-Formiga e a Vespa: Quantumania ganhou um novo comercial...

Helsinki Syndrome | Série de suspense ganha seu primeiro trailer oficial; Assista!

Helsinki Syndrome é uma série de suspense de oito episódios...