Crítica | Um Espião Animal

Os filmes de espionagem são um gênero cinematográfico popular desde a década de 1960. Temos ótimos exemplos desse gênero: Secret Agent (1936), a eterna franquia 007, a Quadrilogia Bourne, Kingsman e muitos outros filmes que focam nesse nicho de derivados dos filmes de ação. Para essa imensa lista de filmes podemos adicionar a primeira animação do sobre o tema. Um Espião Animal, filme que se apoia em toda a premissa dos longas de espionagem de um modo inocente e divertido.

Um Espião Animal conta a história do superespião Lance Sterling e do cientista Walter Beckett que são completamente opostos. Quando algo inusitado acontece, Walter e Lance precisam confiar um no outro de um jeito completamente diferente. O algo inusitado que acontece é o fato de Walter, por acidente, transformar Sterling em um… POMBO! O roteiro de Lucas Martell (Pigeon: Impossible) é criativo e consegue juntar diversos elementos dos filmes de ação/espionagem para compor essa história. A personalidade dos protagonistas é definida nos primeiros 20 minutos de trama e faz alusão aos clássicos filmes do tipo buddy cop e diverte com os personagens de personalidades totalmente opostas que precisam trabalhar juntos.

A direção da dupla Nick Bruno e Troy Quane (Os Smurfs: Um Conto de Natal) é correta e faz o básico, o filme acerta no tom, visual e no desenvolvimento dos protagonistas, os demais personagens são unidimensionais e sem relevância para a história, em especial os vilões que até citam suas motivações, mas nunca as desenvolvem.


Os gráficos da animação são bem feitos, porém as cidades nas quais se passam alguns eventos da trama são bem modestos nas suas representações. As cenas de ação abusam do colorido pra encantar, os destaques ficam para a cena de abertura e a da transformação de Sterling em Pombo. Outro ponto forte do filme, são as referências aos sucessos de espionagem, não contarei quais para que você descubra por si só, mas elas são divertidas. Além das piadas que irão entreter os pequenos e os acompanhantes, temos piadas para todos os gostos e de todos os tipos. Porém, o filme possui alguns pontos fracos. O final do longa talvez seja o ponto fora da curva por dar uma opção inocente, mas que tem um papel de confirmar a mensagem que o longa deseja passar. Porém nada disso deve estragar a experiência.

Um Espião Animal é um longa divertido e agradável, que usa a linguagem dos filmes de espionagem para trazer belas mensagens de trabalho em equipe e de que violência nem sempre resolve tudo, para os pequenos. O filme deve conquistar as crianças e quem sabe os adultos que as acompanham também.

NOTA
Hiccaro Rodrigueshttps://estacaonerd.com
Eu ia falar um monte de coisa aqui sobre mim, mas melhor não pois eu gosto de mistérios.

Deixe sua opinião!

INSTAGRAM

AS MAIS LIDAS