Crítica | Uma Segunda Chance para Amar

Natal é a época do ano na qual nos reunimos com a família e amigos, se pararmos para pensar quando vamos ao cinema fazemos o mesmo. Que tal juntar os dois nesse fim de ano? Opções para isso não faltam, temos diversos filmes natalinos sendo a grande maioria constituída de comédias – em especial as comédias românticas – para adicionar a essa lista, temos mais um filme sobre o tema. Nessa semana estreia Uma Segunda Chance Para Amar (Last Christimas), uma deliciosa e divertida comédia natalina irá te fazer entrar no clima das festas de fim de ano.

A trama conta a história de uma jovem inglesa cuja vida é uma bagunça. Ela trabalha como elfo em uma loja temática de natal o ano todo. Quando ela conhece um rapaz e o que parecia impossível se torna realidade, conforme o rapaz enxerga através de todas as barreiras que ela construiu. Não espere novidades, o filme é repleto de clichês típicos de comédias românticas e se você olhar atentamente irá sacar o final sem muitos problemas, mas mesmo assim é impossível não amar essa história. Os personagens são carismáticos e a mensagem final sobre amor próprio e gentileza pelo próximo são muito bem vindas e desenvolvidas. A trilha sonora também é excelente, afinal de conta ela possui diversas canções de George Michael, é quem for fã irá amar. No fim ainda temos uma versão linda da canção “Last Christmas” de George Michael na qual o roteiro é inspirado.

Esse é o primeiro trabalho de Emilia Clarke, após Game Of Thrones e ela não decepciona. A atriz está a vontade em cena, claramente se divertindo e encantando no papel de uma jovem sarcástica e pra lá de atrapalhada que se perdeu na vida após um grave problema de saúde. A química entre Clarke e Henry Golding (Podres de Ricos) é incrível, os dois são extremamente adoráveis em cena. Outro destaque é Emma Thompson (Nanny McPhee) que também é responsável pelo roteiro, a atriz rouba as cenas no papel da mãe da personagem de Clarke e irá te fazer rir bastante. O humor ácido britânico pode não agradar alguns, mas o longa no geral é bastante divertido.


O longa também reserva no fim uma certa dose de emoção (pessoas sensíveis levem um lenço, talvez vocês precisem). Porém no fim o longa se perde, com uma resolução muito forçada e abrupta, mas nada que estrague a mensagem do longa e nem o filme em si, afinal é natal e a magia está no ar nessa época.

Uma Segunda Chance Para Amar usa a época do Natal como plano de fundo para tratar sobre o amor próprio e solidariedade de um modo divertido, tocante e bem inglês. Chame a família, os amigos e vá ao cinema conferir esse belo presente de natal na forma de filme.

NOTA
Hiccaro Rodrigueshttps://estacaonerd.com
Eu ia falar um monte de coisa aqui sobre mim, mas melhor não pois eu gosto de mistérios.

Deixe sua opinião!

INSTAGRAM

AS MAIS LIDAS

Crítica | O Sol Também é Uma Estrela

Comédias românticas tendem a seguir uma estrutura narrativa básica. Porém, temos exceções como (o ótimo) 500 Dias Com Ela, filme que revolucionou...

Ready Player One: OASIS beta | Testamos o game em realidade virtual baseado no filme; confira nossa análise!

Olá Nerds! O blockbuster de Steven Spilberg, Ready Player One, estreou no mundo todo e está fazendo grande sucesso. O Estação Nerd já assistiu (veja...

A Família Adams | Animação ganha cartaz e data de estreia do trailer; Confira!

A animação de A Família Adams teve seu primeiro pôster divulgado pelo twitter do IMDb. O site ainda revela que o primeiro trailer será revelado...