Derrota da Netflix: Globos de Ouro influenciarão os Oscars de 2020?

É impossível negar que existe uma ligação forte com os vencedores dos Globos dos Ouros e das estatuetas que são dadas ao melhor que o cinema entregou no passado ano 2019 nos Óscares da Academia.

Com vitórias surpreendentes de filmes como o 1917 e de Era uma vez em Hollywood, de Tarantino, sem dúvida alguma que os grandes perdedores da noite foram as grandes produções da Netflix. Mas até que ponto as votações da Associação de Correspondentes Estrangeiros foram justas, atribuindo somente um prêmio a um filme da gigante de streaming?

Houve injustiça contra as grandes produções da Netflix?

Para que se possa ter uma noção, das 34 indicações da noite dos Globos de Ouro 2020, 15 estavam destinadas aos filmes produzidos pela Netflix em 2019. Grandes produções como os Dois Papas, O Irlandês e até a História de um Casamento eram dos principais favoritos a levarem a maioria dos Globos.


Contudo, não foi isso que aconteceu, bem pelo contrário. Os principais Globos de Ouro se destinaram ao filme 1917, que estava longe de ser o favorito antes da cerimônia ter começado. Uma história entre dois irmãos, no meio da primeira Guerra Mundial, acabou convencendo a Associação de Correspondentes Estrangeiros.

Rapidamente a polêmica envolvendo os filmes favoritos da Netflix começou surgindo nas redes sociais e nos mídia, que garantem que esses Globos de Ouro provam que as grandes instituições e associações do cinema não querem premiar a ideia do “novo cinema”. O do cinema que não obriga as pessoas a saírem do conforto de suas casas para poderem assistir às maiores produções cinematográficas de cada ano.

As plataformas de streaming têm o poder de revolucionar o Cinema

Se por um lado a Netflix não conseguiu dar continuidade às vitórias do ano passado, tendo conseguido ganhar todos os principais prêmios do cinema com seu filme Roma, a verdade é que a empresa americana parece estar só começando com seu forte investimento nas grandes produções. Com orçamentos de muitas dezenas de milhões, tanto a Netflix, mas também concorrentes como a Amazon Prime ou o HBO, estão investindo cada vez mais em suas plataformas de streaming. Todo esse investimento faz com que os grandes realizadores, produtores e atores optem por aceitar seus projetos.

Essa autêntica revolução faz com que, pela primeira vez em muitos anos, grandes produções e até blockbusters não passem sequer nas grandes salas de cinema. Isso vai fazer com que os apaixonados pela sétima arte se sintam quase “obrigados” a subscreverem os planos dessas plataformas para poderem assistir os grandes filmes do ano.

O ESports também está crescendo muito com o streaming

Para além do cinema, também a indústria do ESports está crescendo muito com plataformas como o Youtube ou a Twitch. Além de tornar seus jogadores em milionários e em influências para milhares de pessoas, também alimenta muito o mundo das Apostas E-sports.

Agora, tal como acontece com os grandes jogos de futebol ou de tênis, os apostadores têm a oportunidade de poderem apostar e lucrar assistindo o ESports, com suas equipes e jogadores favoritos.

Uillian Magelahttps://estacaonerd.com
Co-Fundador do Estação Nerd. Palestrante, empreendedor e sith! No momento, criando meu sabre de luz para cortar a lua ao meio. A, SEMPRE escolha a pílula azul. Não faça como eu!

Deixe sua opinião!

INSTAGRAM

AS MAIS LIDAS

Crítica | Peaky Blinders: Sangue, Apostas e Navalhas

Uísque escocês ou irlandês? Tanto faz pois com a família Shelby o que importa mesmo é a sede de poder. Uma das séries mais...

Os 10 melhores filmes de 2018

A cada ano que passa somos surpreendidos com filmes cada vez melhores. Muitos, claro, já são aguardados por serem alguma continuação. Outros são ótimas...