Disney Plus | Streaming enfrenta problemas com conteúdo original; Entenda!

Após chegar a mais de 28 milhões de assinantes em seus primeiros dias de abertura, em 12 de novembro de 2019, graças a títulos como The Mandalorian e o remake de A Dama e O Vagabundo, o Disney + vem passando por uma seca de conteúdos originais, com notícias de adiamentos da série de Obi-Wan Kenobi e o possível cancelamento da continuação de Lizzie McGuirre afastando possíveis novos usuários. Outras grandes apostas do Disney+, as séries ligadas ao Marvel Studios têm previsão de estrear apenas a partir de agosto de 2020.

Para resolver o problema, Bob Iger saiu da aposentadoria para ocupar o cargo executivo na empresa até o final do ano que vem, trabalhando para “acertar tudo criativamente” no Disney+. Iger terá o papel de evitar novos cancelamentos e atrasos dos conteúdos originais, como o recém-anunciado derivado de A Bela e A Fera estrelado por Josh Gad e Luke Evans.

Bob Iger assumiu o cargo de presidente da Disney em 2005, após Michael Eisner deixar a presidência do estúdio. Antes, o produtor foi presidente da emissora ABC, hoje parte do império Disney e vice-presidente da Casa do Mickey entre 2000 e 2005.

Hiccaro Rodrigueshttps://estacaonerd.com
Eu ia falar um monte de coisa aqui sobre mim, mas melhor não pois eu gosto de mistérios.

Deixe sua opinião!

INSTAGRAM

AS MAIS LIDAS