Jogadores nas telas: ex-atletas investem na carreira na publicidade

Veja nossos últimos stories

Em se tratando de Brasil, jogadores de futebol têm um status de celebridade tão grande ou até maior do que artistas, por exemplo. É difícil imaginar alguém que nunca tenha ouvido falar no Roberto Carlos cantor tanto quanto que não tenha ouvido falar no Roberto Carlos ex-lateral-esquerdo. 

Mesmo depois que se aposentam, os ex-atletas não estão saindo de fora da mídia. Muitos passam a atuar quase que imediatamente como técnicos – vide Rogério Ceni – enquanto que outros vão gerir negócios que não envolvem estar necessariamente à beira do campo.

Um setor, porém, que ambos jogadores em atividade e ex-jogadores exploram com força é o da publicidade.

Jogadores diante das câmeras

A ideia de contar com jogadores famosos para tentar vender produtos está longe de ser nova. O maior astro do esporte brasileiro de todos os tempos, Pelé, não apenas fez inúmeros comerciais, mas foi um dos poucos que foi além e aceitou participar de filmes ou séries.

Embora o cinema seja, de fato, um nicho pouco explorado hoje, não faltam exemplos de jogadores que aceitaram ser estrelas de diversos comerciais. O capitão do penta, Cafu, é um deles, mesmo tendo, cá entre nós, pouquíssimo talento cênico.

Um nicho que está ganhando força e se aproveitando dessa possibilidade é o das apostas esportivas. O que começou de maneira tímida hoje representa uma fatia importante do mercado de publicidade esportiva, com marcas dando nome a eventos e mais. O craque Douglas Costa, por exemplo, é o novo rosto da Lvbet.com, marca que oferece não só apostas esportivas, mas um cassino online legalizado no Brasil.

- Advertisement -

A publicidade enquanto área de atuação também é um bom termômetro para acompanhar a carreira de jogadores e seu valor de mercado imagético, por assim dizer. Em 2011 era normal ver Neymar anunciando marcas obscuras de produtos que, uma década depois, certamente não teriam o cacife para bancar o maior brasileiro em atividade no momento.

Novas possibilidades publicitárias

A ideia de colocar jogadores diante das câmeras certamente não é de hoje 

Marcas gigantes, como a Nike, até hoje reúnem sua “coleção” de astros do futebol para campanhas publicitárias que quase intimidam em qualidade. Muitas vezes elas se tornam marcos culturais – quem não se lembra, por exemplo, da fictícia partida entre Brasil e Portugal numa propaganda de 2006, que começava com Luís Figo passando a bola entre as pernas de Ronaldo Fenômeno?

Mais recentemente, um novo nicho comercial que surgiu e está sendo explorado com força é o das casas de apostas esportivas. Muitas delas investem em jogadores (e ex-jogadores) para atuarem como embaixadores de suas marcas. A Lvbet.com, por exemplo, recém-anunciou o craque Douglas Costa como novo rosto da sua marca de cassinos e apostas esportivas no Brasil.

Esse tipo de empreendimento tende a ganhar força justamente por ter encontrado no Brasil um mercado-alvo único: um público gigantesco apaixonado por futebol e uma legislação que está começando a se regularizar em termos de permissibilidade de apostas e cassinos online. A tendência, por isso mesmo, é que rostos famosos como o de Douglas Costa surjam com mais frequência em anúncios do ramo. 

Deixe sua opinião!

Instagram

AS MAIS LIDAS

Confira a crítica de O Legado de Júpiter Filmes para o Dia das Mães Qual a ordem cronológica de Star Wars!? Confira a crítica de Sem Remorso Os 5 grandes lançamentos do Disney+ em Maio de 2021 Confira os lançamentos de Maio na Amazon Prime Video