King’s Man: A Origem | Primeiras reações do prelúdio são negativas; Confira algumas opiniões!

Veja nossos últimos stories

O prelúdio da franquia King’s Man, King’s Man: A Origem, teve as primeiras reações liberadas e elas não são das mais positivas. Confira algumas opiniões sobre o novo filme:

“‘King’s Man’ é… Bizarro. Em relação a tom, é o filme mais animal que vi esse ano, então é muito sério e bobo ao mesmo tempo. Também tem uma narrativa muito problemática que, quanto mais eu penso sobre, mais eu detesto. Mas Rasputin tem superpoderes, eu acho?”.

Não sou fã de ‘King’s Man’. Os dois primeiros filmes e o trabalho de Vaughn funcionam, mas a pré-sequência não enriquece a mitologia. A ação é divertida quando acontece, mas não há muito tela e a história é desconjuntada. Eu esqueci o filme no momento em que acabou”.

“Como alguém que ama o primeiro ‘Kingsman’ e realmente gosta do segundo, tudo o que tenho a dizer sobre ‘King’s Man’ é que… Ele é ruim. Há um pouco de ação incrível e performances divertidas, mas a história e o tom são uma bagunça – e a ‘comédia’ é horrorosa em certos momentos”.

“‘King’s Man’ dá a sensação de ser dois filmes em um, ‘1917’ coberto por uma concha de ‘Kingsman’. O roteiro parece um amontoado de dois roteiros juntos. Quando há ação, ela é bem feita, mas as implicações do vilão são bagunçadas (para ser gentil)”.

Um homem precisa correr contra o tempo para impedir que os piores tiranos e criminosos da história exterminem milhões de pessoas e destruam a humanidade.

- Advertisement -

King’s Man: A Origem estreia nos cinemas em 22 de Dezembro.

Publicidade
Hiccaro Rodrigueshttps://estacaonerd.com
Eu ia falar um monte de coisa aqui sobre mim, mas melhor não pois eu gosto de mistérios. Contato: [email protected]

Deixe sua opinião!

Instagram

AS MAIS LIDAS

Jogos GRATUITOS da PlayStation Plus em Fevereiro de 2022 O Beco do Pesadelo – Confira a crítica do filme! Belle – Confira a crítica da animação! Munique: No Limite da Guerra – Confira a crítica do filme! Spencer – Confira a crítica do filme, por André Guerra! Spencer – Confira a crítica do filme!