Lançamento Intrínseca: “O desaparecimento de Josef Mengele”, de Olivier Guez

Em fevereiro de 1979, o corpo de Josef Mengele — o temido médico nazista conhecido por seus experimentos macabros em Auschwitz — foi encontrado pela polícia, estirado na areia de uma praia do litoral paulista. A morte decorrente de um mal súbito encerrou um ciclo que começou em junho de 1949, quando o torturador da SS, apelidado de Anjo da Morte, fugiu para a Argentina, onde acreditava poder levar uma vida nova depois da derrota da Alemanha na Segunda Guerra Mundial. Essa crença se deveu à política, ainda que não ofivial, de acolhimento aos criminosos de guerra nazistas durante o governo de Juan Domingo Perón (1895-1974).
 
Em O desaparecimento de Josef Mengele, lançado no Brasil pela Intrínseca, o jornalista francês Olivier Guez reconstitui os passos do médico pela América Latina — além do Brasil e da Argentina, Mengele passou pelo Paraguai, sempre na clandestinidade, e escondido sob vários pseudônimos. Municiado de sólida pesquisa, o autor optou por construir uma narrativa romanesca que, segundo ele, o permitiu chegar o mais perto possível da trajetória macabra do criminoso. O livro foi o vencedor do Prix Renaudot em 2017, um dos mais relevantes da literatura francesa.
 
Quarenta anos depois do fim da guerra — quando a morte de Mengele ainda não era de conhecimento público — o prêmio para quem o encontrasse vivo ou morto era de 3,4 milhões de dólares. Fica a pergunta: como um médico da mais cruel organização nazista pôde passar despercebido por tantas décadas? O desaparecimento de Josef Mengele é um mergulho em um mundo corrompido pelo fanatismo, a política, o dinheiro e a ambição, habitado por velhos nazistas, agentes do Mossad (o serviço secreto do Estado de Israel), ditadores e espiões.
 
OLIVIER GUEZ é jornalista, ensaísta e escritor francês. Autor de L’impossible retour (editora Flammarion), uma história dos judeus na Alemanha a partir de 1945, Éloge de l’esquive (Grasset) e Les révolutions de Jacques Koskas(Belfond). Recebeu em 2016 o prêmio alemão de melhor roteiro pelo filme Fritz Bauer, um herói alemão.
 
O DESAPARECIMENTO DE JOSEF MENGELE
Autor: Oliver Guez
Tradução: André Telles    
Editora: Intrínseca
224 páginas
Impresso: R$ 39,90
E-book: R$ 24,90

Deixe sua opinião!

INSTAGRAM

SE LIGA

Os 10 melhores filmes de 2018

A cada ano que passa somos surpreendidos com filmes cada vez melhores. Muitos, claro, já são aguardados por serem alguma continuação. Outros são ótimas...