bury

 

 

 

A Lente de Marbury – Andrew Smith

O lugar errado na hora errada! Um sequestro, um assassinato, um par de óculos… Aos 16 anos, tudo o que Jack mais quer é curtir as férias de verão com seu melhor amigo, Conner, e eles vão dar uma grande festa para celebrar o fim das aulas. Mas algo dá muito errado! Jack perde a linha, fica bêbado e acaba caindo nas mãos de um maníaco que o droga e o sequestra. Ele escapa por um triz, e só conta o que sofreu para Conner. O amigo tenta tranquilizá-lo, dizendo que tudo vai acabar bem. Mas será que vai? A viagem de férias para a Inglaterra parece ser a oportunidade perfeita para se livrar de seus fantasmas, mas Jack sabe que sua vida nunca mais será a mesma. Em Londres, um estranho lhe entrega um par de óculos cujas lentes lhe mostram um outro mundo. Um local chamado Marbury. Marbury está em guerra. É um lugar desolador que cheira a morte e destruição, onde os poucos sobreviventes precisam fugir se quiserem continuar vivos. Nesse universo apocalíptico, Jack é responsável por dois garotos mais jovens, que são seus únicos companheiros, e também precisa enfrentar Conner, que o persegue e quer matá-lo. Será que Jack conseguirá escapar e lutar com seu melhor amigo? Será que tudo o que ele viu nesse universo paralelo é real, ou seriam apenas alucinações provocadas pelas drogas que o sequestrador lhe injetou? Como agir quando loucura e realidade se confundem? Jack está perdendo o controle, e sua única certeza é que sua vida está em jogo.

diario

 

 

 

Diário da Fani – Paula Pimenta

Você sabia que a série Fazendo meu filme foi inspirada principalmente nos diários de adolescente da autora Paula Pimenta? Agora você também pode escrever a sua própria história, e sabe o que é melhor? Ainda vai ter a companhia da Fani no seu dia a dia!
Este diário também conta com uma seleção das frases mais marcantes ditas pelos personagens no decorrer dos quatros livros, então você vai poder matar a saudade da série que conquistou milhares de leitores e leitoras!

Seu ano com certeza vai ser incrível, pois a cada mês Fani e sua turma trazem uma surpresa interativa pra você. Pegue o lápis e a caneta que a diversão já vai começar… Assim como a Fani, você vai descobrir que “nenhum filme é melhor do que a própria vida”!

dfd

 

 

 

Entre a ruína e a paixão – Sarah MacLean

Uma noiva desaparecida na véspera de seu casamento. Um poderoso duque acusado de assassinato. Uma noite que mudou duas vidas para sempre. Temple viu seu mundo desmoronar quando acordou completamente nu e desmemoriado em uma cama repleta de sangue. Destituído de seu título e acusado de assassinato, o jovem duque foi banido da sociedade. Doze anos depois, recuperado em sua fortuna e seu poder como um dos sócios do cassino mais famoso de Londres, sua redenção surge quando a única pessoa que poderia provar sua inocência ressurge do mundo dos mortos. Após doze anos desaparecida, Mara Lowe se vê obrigada a reaparecer quando seu irmão perde toda a fortuna da família nas mesas do cassino do homem cuja vida ela arruinou. Temple quer provar a todos que é inocente e, sobretudo, se vingar e destruir a vida daquela mulher, enquanto Mara precisa enfrentar o passado para recuperar seu dinheiro. Assim, os dois firmam um acordo obsceno que os une em um jogo de poder e sedução. Mas ambos descobrem que a realidade esconde muito mais do que as aparências revelam e eles se veem em uma encruzilhada na qual precisam escolher entre lavar a honra do passado e garantir o futuro ou ceder ao desejo de se entregarem de vez à irresistível atração que sentem um pelo outro, mas que pode arruiná-los para sempre.

espera de

 

 

 

À espera de Romeu: 2º ato – Lesley Livingston

Kelley ainda está aprendendo a lidar com o fato de que é a Princesa das Fadas e que possui magia em seu sangue. Ela só não esperava descobrir que, na verdade, o poder mais intenso e perigoso para qualquer ser, mortal ou imortal, é o amor. Depois de salvar o Reino Encantado da Caçada Selvagem, Kelley se vê novamente presa em Nova York, ensaiando a sua nova apresentação no teatro, a peça Romeu e Julieta, e sentindo a falta de Sonny. Sonny faz parte de uma força do reino mágico conhecida como Guardiões Janos, mortais que tinham sido raptados ainda bebês, em várias épocas e locais, e levados para viver no Reino encantado. Agora Sonny estava lá cumprindo seu papel, enfrentando o que restou da Caçada Selvagem e tentando controlar a temível Rainha Mabh.

Até que, por acidente, Kelley retorna para o Outro Mundo e revê Sonny. O reencontro é alegre e apaixonante, porém destinado a ter um fim… Uma antiga e poderosa magia oculta retorna ao reino, e um novo inimigo, extremamente perigoso, está disposto a arriscar tudo para reivindicar o poder que acredita ter direito. Presos no país das fadas em uma teia de mentiras, Kelley e Sonny precisarão ser cautelosos em cada estratégia na missão de salvar o mundo mágico novamente. Qualquer ação errada poderá resultar na derrubada do reino… ou separá-los para sempre.

umi

 

 

 

O sumiço – Georges Perec

Este romance do francês Georges Perec é todo escrito sem a letra “e”, a mais frequente da língua francesa. A inovação da obra não está, porém, apenas na falta da vogal, mas principalmente em fazer do desaparecimento da letra o próprio tema do livro e a lei maior à qual se deve toda a história. O autor cria um mundo de letras, povoado por seres de letras, cujo destino depende também das letras, e, principalmente, do sumiço de uma delas. Esta mirabolante história de investigação policial, cheia de mistério, bom-humor, romances e reviravoltas, vai além de um enredo intrigante, voltando-se para o ato da escrita e os jogos de linguagem que apontam para a própria língua, o francês – mutilado, porém.

Para publicar uma versão em português, exigiu-se do tradutor uma constante tarefa de recriação desses jogos numa outra língua, também amputada de uma vogal que muitos julgariam imprescindível. O criativo trabalho realizado por José Roberto Andrade Féres, ou Zéfere – como prefere ser chamado –, nesta obra foi precedido do estudo de diversos artigos, dissertações e teses de estudiosos de Perec, assim como de tradutores da obra em outras línguas.

A leitura d’O sumiço levará o leitor a querer jogar com Perec, desvendar suas pistas e encaixar as peças dos seus inúmeros quebra-cabeças. Enfim, um livro que é um verdadeiro (e divertido!) desafio para quem escreve, quem traduz e, claro, para quem lê.

orgu

 

 

 

Orgulho e Preconceito – Jane Austen, Ian Edginton (adaptação)

“É uma verdade universalmente reconhecida que um homem solteiro, de posse de boa fortuna, deve estar atrás de uma esposa.”
Elizabeth e suas quatro irmãs estão impossibilitadas de herdar a propriedade de seu velho pai e enfrentam a ameaça do despejo. As irmãs devem garantir sua segurança financeira por meio do casamento, mas nossa heroína tem outros planos. Ela fez votos de se casar somente por amor. Seu olhar acaba capturado pelo distinto Sr. Darcy, mas quem irá salvar os Bennets? Elizabeth deve se casar por amor ou deve salvar sua família?
Jane Austen se referia a Orgulho e preconceito (1813), o primeiro romance que escreveu, como seu “filho querido” – e gerações de leitores lhe têm dado um cantinho em seus corações desde então. A atração irresistível que ela retrata, entre a vivaz e independente Elizabeth Bennet e o austero e solene Sr. Darcy, se insere entre as maiores, mais românticas e mais engraçadas histórias de amor já contadas.