ter, 29 novembro 2022

Mais Esperto que o Diabo | Livro é o mais vendido do Brasil pelo segundo ano consecutivo; Confira!

Publicidade

Responda depressa: qual o livro mais vendido do Brasil? Pelo segundo ano consecutivo, esse posto é ocupado por “Mais esperto que o diabo”, escrito pelo norte-americano Napoleon Hill e publicado no país pela Editora Citadel. Líder nas duas listas de pesquisas mais importantes do país, a da revista Veja e a da Publishnews, a obra teve mais de 260 mil cópias comercializadas em 2021 e já superou a marca de 1 milhão de exemplares vendidos no país desde que foi lançada, em 2014.

Outra demonstração de relevância do livro é a lista de personalidades que o recomendam. Autor do prefácio da edição brasileira, o educador financeiro Thiago Nigro, do canal O Primo Rico, listou o texto como a melhor leitura de sua vida: “A obra mais cativante, inquietante, inteligente e mística que Napoleon Hill já fez”. O professor e filósofo Clóvis de Barros Filho também elogiou: “Napoleon Hill se propôs a mapear as causas do sucesso e do fracasso. Entrevistou centenas de pessoas que se consideravam fracassadas e outras centenas que se consideravam bem-sucedidas, e a partir daí fez uma espécie de categorização das suas causas. Na minha visão, a grande graça do livro é entender que todas elas são bastante pertinentes, mas nem sempre combinam com felicidade”.

Escrito originalmente em 1938, “Mais esperto que o diabo” tem história controversa. Considerado excessivamente ousado na época em que foi feito, o livro ficou escondido do público por 75 anos. Sua narrativa imagina uma entrevista com o Diabo para alicerçar uma espécie de manual para quem deseja lidar com problemas e limitações.

Publicidade

Em um período de intensa crise pessoal, Hill construiu uma profunda reflexão sobre medos, ansiedades e fatores limitantes que o ser humano impõe a ele mesmo, o que ele chamou de “decifrar o código da mente do diabo”. A partir dessa premissa, estruturou uma conversa que perpassa temas como alienação, falsas crenças e autossabotagem.

“O formato e o conteúdo eram tão inovadores na época que permanecem atuais até hoje”, avalia Marcial Conte Jr, editor da Citadel e tradutor da obra. “São 100 semanas como campeão de vendas do país desde o lançamento no Brasil, o que dá um pouco da dimensão de relevância do texto”, completa.

Hill conversou com mais de 500 pessoas para produzir o livro, em um processo que levou mais de 30 anos para ser concluído. A lista de personalidades inclui nomes como Andrew Carnegie, Henry Ford e Thomas Edison, e o resultado é um best seller global. De acordo com dados da Fundação Napoleon Hill, o livro já ultrapassou 120 milhões de cópias vendidas em mais de 37 países.

O livro está disponível nas principais livrarias do país, e o site maisespertoqueodiabo oferece trechos da obra, depoimentos de quem já leu e outros detalhes sobre a proposta de Hill. A página ainda oferece um quiz exclusivo para quem quer saber se está alienado.

SERVIÇO

Publicidade

Mais Experto Que o Diabo Napoleon Hill

Editora: Citadel Editora

Idioma: Português

Capa comum: 208 páginas

Publicidade

Destaque

Crítica | Wandinha

Os Addams são uma das famílias mais icônicas na...

Adão Negro | Ator revela bastidores dos efeitos visuais do filme; Confira!

Dwayne Johnson revelou no Instagram algumas fotos dos bastidores da...
Hiccaro Rodrigueshttps://estacaonerd.com
Eu ia falar um monte de coisa aqui sobre mim, mas melhor não pois eu gosto de mistérios. Contato: hiccaro.rodrigues@estacaonerd.com

Deixe um comentário