O live-action de Mulan deve se tornar um dos filmes mais caros da história. De acordo com informações do Pursue News, a Disney está disposta a investir mais de US$ 290 milhões na produção, algo equivalente ao que vimos em Vingadores: Guerra Infinita, que custou em torno de US$ 321,2 milhões.

Segundo o site, a ideia do estúdio é desenvolver um longa nunca antes visto. Até a equipe de Thor: Ragnarok foi contratada para desenvolver os sets.

Jet Li será o Imperador da China no filme. A informação é do THR.

Além de Li, a atriz Gong Li também foi escalada no papel da vilã da trama, que contará com uma grande mudança em relação à animação original. Gong Li interpretará uma poderosa bruxa, enquanto que no original o vilão era o líder dos Hunos, Shan Yu.

A estreia está prevista para 27 de março de 2020.