MY HERO ACADEMIA COM A MANOPLA DO INFINITO DA MARVEL

Veja nossos últimos stories

Hoje em dia todo mundo é fã de super heróis. E é claro que isso veio por causa dos filmes da Marvel, já que mesmo ainda tendo muitos gibis excelentes por aí, a gente sabe que é uma indústria que está vivendo certas dificuldades, com as histórias cada vez piores.

E mesmo não sendo algo geral, os mangás e animes tem crescido bastante, tomando aí esse espaço, essa necessidade que surgiu. Por isso a gente que gosta de heróis sempre vai achar algumas obras aqui e ali que tenham a ver com esse assunto.

Então pra juntar tanto os personagens clássicos com alguns outros do mundo japonês, a gente vai falar hoje sobre Heróis de My Hero Academia que conseguiriam, ou não, utilizar a manopla no infinito.

O All Might sempre foi tido como herói número um. E isso era completamente justificado por causa de todas as suas habilidades, a quantidade de gente que ele conseguia salvar, vilões que conseguia deter e muito mais. Isso tudo sem citar todo o seu carisma, que fazia parte do personagem.

Essa versão poderosa do All Might, ainda com o One for All, com certeza teria usado a Manopla do Infinito do Thanos sem nem mesmo um arranhão. Mas, no seu estado atual, mesmo que ele conseguisse tirar mais um pouquinho do suco de seu poder, provavelmente não seria o suficiente pra aguentar o tranco e sobreviver, tendo a chance de seu corpo fraco falecer ainda antes de sequer estalar os dedos.

Se o herói número 1 conseguiria usar, é bem provável que tudo ficaria muito bem pro Endeavor também, que era o herói número 2 enquanto o All Mighty ainda tinha a totalidade dos seus poderes.

- Advertisement -

Além de ter um corpo forte, saudável e bombadão, o Herói do Fogo também tem uma força de vontade absurda, que com certeza ajudaria a usar a manopla da maneira correta, já que mesmo tendo o seu jeitão de brutamontes e uma bela ficha de problemas familiares, ele sabe o que é o certo e pretende sempre ser um bom herói para cuidar da cidade.

Mesmo que a radiação liberada pela manopla afetasse ele, seria muito pouco, sendo uma quantidade que ele conseguiria aguentar e seguir lutando. A luta dele contra o Nomu Nomu foi a maior prova disso.

Mantendo tudo em família, tem um vilão que eu tinha muita dúvida se consiguiria, ou não, usar a manopla de fato. Mas, ainda que o Dabi tenha seus poderes de fogo muito bem desenvolvidos e que ele sabe usar de uma maneira completamente única, ele tem um ponto fraco bem chamativo.

Por culpa de seus próprios poderes ele acabou destruindo seu corpo quase inteiro, fazendo com que a sua pele, seus ossos e toda a sua estrutura corporal fosse comprometida.

Ainda que ele tivesse a chance, criasse espaço e colocasse a manopla no braço, o mais provável é que seu corpo não fosse resistir a tanta força e tanta radiação e simplesmente sucumbisse, quebrasse ou até acabasse de se queimar por inteiro.

Poderes de fogo são sempre legais de se ver, mas é como diz aquele velho ditado: quem brinca com fogo acaba se queimando.

Já que a gente tá falando aqui só dos nomes mais poderosos, que mais chamam atenção por conta das suas habilidades, não tem nada mais justo do que citar o protagonista do anime, que é o Izuku Midorya, também chamado de Deku em seu modo de herói.

O Midorya cresceu muito como pessoa e como herói desde que recebeu o One for All, vindo diretamente das mãos e do cabelo do All Mighty. E olhando pra ele agora no anime a gente nota que valeu a pena todo o esforço.

Pelo fato de já ter sido mostrado várias vezes que o Deku sempre ultrapassa todos os seus limites e consegue fazer coisas inimagináveis. Até mesmo em situações normais ele é capaz de ativar o modo Full crowlin, que é um modo onde ele meio que libera o poder máximo que seu corpo aguenta naquele estado.

A única coisa que poderia impedir ele de usar o poder total da manopla do infinito da Marvel era justamente seu corpo fraco, mas com tanto treinamento e o poder do One for All em pleno funcionamento, seria só mais um dia normal na vida do Midorya.

Se o protagonista do mundo dos heróis consegue fazer esse feito, tem que existir um modo do protagonista das trevas, o antagonista, também conseguir. E sim, o Shingaraki também conseguiria utilizar a manopla do infinito! Mas calma, que eu tenho uma boa explicação pra isso. Presta atenção aqui em mim.

No início, ele tinha apenas o quirk de deteriorar as coisas que ele tocava. Então realmente não teria nem como colocar a manopla na mão. Isso sem contar que, mesmo que conseguisse, seu corpo nunca aguentaria, por ele aparentar ser bem fraco e frágil. Então como é que ele ia conseguir?

Bom, acontece que, depois de alguns acontecimentos, ele foi parte de de experimentos do Doutor Garik, que deu novos poderes pra ele. Isso tudo foi feito com ligações diretas entre o menino e o All for One. E só após esses experimentos é que ele conseguiria.

E isso aconteceria porque nessa brincadeira aí ele ganhou novos poderes, incluindo o de se regenerar, que foi o que ele usou para se curar dos machucados causados em uma luta com o herói Endeavor, o herói do fogo.

Então além da sua sede de destruição, o Shingaraki teria outros poderes e o fator quirk de cicatrização, que com certeza salvaria sua vida ao estalar os dedos usando as jóias do infinito do Thanos.

Acontece que, pra quem já viu alguma imagem que seja do vilão, sabe que ele tem seu corpo todo grampeado, cortado e queimado, com a pela toda meio roxa e tals. Esse dano todo foi causado por causa de seus próprios poderes, que são poderosos contra os outros, mas também já deram ruim contra ele mesmo né.

O Dabi possivelmente conseguiria colocar a manopla na mão e fazer o estalo, mas é certeza que não ia sobreviver nem mais 1 minutinho. Imagina ele usa todo o poder das jóias do infinito e o braço dele cai de vez?

Então não, o Dabi não conseguiria usar de verdade a manopla do Thanos puramente por culpa de seu corpo, que é frágil demais para tal feito.

Antes de falar do último herói, temos que falar do último vilão aqui dessa lista. O vilão mais importante de todos e que não tem nem como questionar se conseguiria ou não, que é o lendário All for One, a contraparte do poder do Midorya e do All Mighty, que é o One For All.

Por ter o poder de roubar a quirk dos outros heróis e vilões, o All For One pode ter a habilidade que ele quiser, e isso incluí o quirk de regents o seu corpo e seus machucados. Inclusive, a maior prova disso, é o seu rosto, que é completamente composto por pele de cicatrização, que se formou depois de muitos acontecimentos tensos com o vilão.

Até mesmo o próprio Thanos já é bem parecido com o All For One pela questão de sua síndrome de deviante, que é o que dá essa aparência feia pro Tita louco.

Então além disso, o próprio tamanho, força e habilidades do All for one fazem dele o candidato perfeito pra ser considerado um Thanos 2.0 do universo de My Hero Academia.

Mas convenhamos que em comparação de crueldade e vontade de causar o caos, o All For One sai bem né frente e conseguiria derrotar até mesmo o Hulk brutal, e não essa versão atual fracote dele, usando a manopla do infinito!

O último herói que a gente tem aqui, pra fechar a lista direitinho, é o Best Jeanist, aquele herói que so se veste usando calças jeans e tem um cabelinho Justin Bieber boi lambeu ali todo cheio de Gueri Gueri. Ele chegou até mesmo a ser o mentor do Bakugou durante o estágio do menino.

Isso já prova que ele é extremamente poderoso, mais forte que muitos estudantes da academia UA. Só que, durante suas missões, um enorme problema aconteceu.

Porque durante a luta contra o All For One, ele acabou terrivelmente machucado, chegando até a ficar em coma. E depois do tanto que sofreu, ele não foi mais o mesmo. Isso deixou ele fraco, não aguentando usar a Manopla, mesmo se quisesse…

Lucas Mertenshttps://estacaonerd.com
Eu não sou especialista em nada, mas gosto de criar conteúdo sobre tudo que me diverte. Então seja como for, a ideia é sempre ver o lado bom das obras ao invés de focar só nos defeitos. É basicamente isso mesmo!

Deixe sua opinião!

Instagram

AS MAIS LIDAS

King Richard: Criando Campeãs – Confira a crítica do filme Vigaristas em Hollywood – Confira a crítica do filme Annette – Confira a crítica do filme Ataque dos Cães – Confira a crítica do filme Chucky – Confira a crítica do episódio 5 Casa Gucci – Confira a crítica do filme, por André Guerra