ter, 4 outubro 2022

Pesquisa da HyperX revela resultados sobre NFT e Metaveso

Publicidade

Pesquisa da HyperX revela que mais de 10% dos gamers brasileiros já entraram no Metaverso e 11,7% já compraram NFTs

Dados foram levantados a partir de estudo realizado com 1.196 pessoas que seguem a HyperX nas redes sociais

O Metaverso é visto como o próximo grande palco do mundo digital e, em particular, dos games. Embora ainda em seus estágios iniciais, a rede interconectada de ambientes virtuais já foi usada por muitas empresas para o lançamento de plataformas e soluções interativas. A experiência imersiva e mais realista proporcionada por este espaço tridimensional pode ser considerada um sonho que se torna realidade para os jogadores, e uma pesquisa da HyperX, equipe da HP Inc. dedicada a periféricos gamer e marca líder em produtos para games e eSports, revela que 10,2% dos jogadores brasileiros já se aventuraram no Metaverso e que 11,7% já compraram um NFT (non-fungible token). Os dados foram levantados a partir de um estudo feito nas redes sociais da HyperX e contou com a participação de 1.196 seguidores da marca. 

Publicidade

Entre outras informações, o material revela que os mundos virtuais mais acessados pelos participantes são: Sandbox (34,4%), Hyperverse (17,2), NFT Worlds (11,5%), Decentraland (7,4%) e The Star Atlas (7,4%). “Uma das características mais importantes do Metaverso é sua dimensão social, já que ele é, fundamentalmente, uma forma de conectar pessoas”, explica Ariel Plabnik, gerente de negócios da HyperX para a América Latina. “Se os games são hoje o centro da indústria do entretenimento, a chegada do Metaverso apenas reforçará essa visão.”

Os resultados da pesquisa também revelaram que os jogos continuam sendo um importante espaço de socialização, visto que 72,2% dos entrevistados preferem jogar com amigos, 24,8% preferem jogar sozinhos e 2,9% preferem jogar com desconhecidos. O gênero favorito dos participantes, a partir de uma enquete de múltiplas escolhas, é o Shooter (65,3%), seguido por RPG (42,1%), Aventura (39%), Battle Royale (36,8%) e Simuladores (26,4%).

Produção de conteúdo

Segundo a Pesquisa Game Brasil 2022 (PGB), 74,5% da população brasileira joga algum game. Porém, a comunidade é ainda maior, pois inclui também espectadores e criadores de conteúdo. Questionados sobre sua ligação com os jogos digitais, o estudo da HyperX revelou que 77,8% dos entrevistados se consideram gamers, enquanto 5% se definem como criadores de conteúdo e 1,8% como espectadores. Além disso, 14,1% se consideram parte desses três públicos.

“O aumento da geração de conteúdos relacionados a música e vídeo, graças às plataformas digitais e redes sociais, também está revolucionando os games em jogos free-to-play e multiplayer, e fará o mesmo no Metaverso”, apontou Plabnik.

Quantos jogadores pagam para jogar

Publicidade

Os NFTs dão aos usuários a posse de bens digitais ​​no Metaverso, e a pesquisa da HyperX indica que 11,7% dos gamers brasileiros já adquiriram NFTs. Além disso, revela o potencial de compra que os jogadores representam para os mundos virtuais.

De acordo com o estudo, 89,3% atualmente fazem compras dentro de games com os seguintes objetivos:

  • 47,5% para desbloquear conteúdo
  • 33,8% para aproveitar uma promoção
  •  6,4% para jogar com amigos
  • 3% para avançar mais rápido e/ou mais fácil
  • 2,4% para competir contra outros

Quando questionados sobre o valor investido mensalmente, 72,1% disseram que investem menos de R$ 100, 20,5% entre R$ 101 e R$ 250 e 7,4% mais de R$ 250.

“Os games e o Metaverso coexistirão, e todo o ecossistema terá uma influência significativa nesse desenvolvimento”, disse Plabnik. “O Metaverso está aqui para consolidar todos os elementos digitais de nossas vidas – videogames, redes sociais, mensagens, comércio eletrônico, entre outros – em uma experiência abrangente.”

eSports e preferências de compra

Com a consolidação do eSports como uma das grandes paixões do gamer brasileiro, 84% dos entrevistados se consideram espectadores de eSports e 78,7% afirmaram ter assistido a alguma partida do gênero no último mês.

Publicidade

Em termos de preferências de compra de produtos para jogar, 50,3% dos entrevistados preferem periféricos sem fio. Já sobre as marcas de consoles favoritas, 54,8% escolheram PlayStation, 39,9% apontaram Xbox e 5,4% preferem Nintendo.

Para mais informações sobre a HyperX e seus produtos acesse o site.

Publicidade

Newsletter

Destaque

Macaoshttps://estacaonerd.com/games
Macaos - Graduado em Jogos Digitais e desde 1998. escrevendo em sites e fóruns de games. Antes disso, colaborador em locadoras de games no início da década de 90; Emfim... um Old Gamer com muita experiência.

Deixe um comentário