Por que Assistir? Crítica THE WALKING DEAD * Sem spoilers*

Veja nossos últimos stories

A premissa é básica e já conhecida. Um apocalipse provoca uma infestação  zumbi. Um oficial de polícia (Rick Grimes) acorda de um coma, e se depara com uma progressão contínua de mortos vivos.

A série, diferentemente do que o grande público imagina, não se atêm apenas a luta contra os zumbis. Em seu escopo TWD é um seriado sobre os seres humanos, seus anseios, medos e desejos. E o eterno embate interno entre o certo e o errado. Tudo isso, inserido em um mundo hostil, infestado de zumbis, que estão lá como uma metáfora sobre as dificuldades da vida, e suas provações.

wd 3

Ora, dificuldades de socialização, embate entre “comunidades” formadas, selvageria entre pessoas, luta por suprimentos e uma constante busca á “terra prometida”, nada mais são que dilemas reais e presentes desde os primórdios da humanidade.

Dito isso, é hora de abordarmos as questões técnicas de TWD. A maquiagem\figurino\design da série é incrível, deveras premiado por seu incrível realismo e “beleza”. A fotografia também possui suas peculiaridades, com um filtro que se assemelha como uma “película gasta”, é certeira ao transmitir-nos  àquele universo sujo, violento. As atuações vão evoluindo ao longo das temporadas, nos trazendo uma ótima faceta dos personagens. O roteiro também evolui com o tempo, acertando a mão a partir da terceira temporada, trazendo profundidade e ótimos questionamentos aos personagens.

Zumbi ataca personagem em TWD
Zumbi ataca personagem em TWD

- Advertisement -

A série, embora goze de grande prestígio entre a mídia e o público, sendo uma das mais assistidas de todos os tempos, tem lá seus ruídos. Alguns personagens não conseguem cativar sequer uma mosca. São desinteressantes e possuem arcos fracos. Por vezes, tal problema deixa a série um tanto quanto arrastada, normalmente os capítulos de meio das temporadas sofre um pouco com o famoso “enche linguiça”.

Mas, em geral as tramas entregues são satisfatórias, a ação é certeira e os diversos personagens da série, possuem uma mutabilidade bem real. Pegando Rick Grimes, nosso protagonista como exemplo, o ator entrega um personagem na 6ª Temporada, mais completo, cheio de fúria e ódio, totalmente oposto daquele Policial da 1ª Temporada, que primava por seus valores.

TWD é uma série que patinou no começo, mas quando seus idealizadores conseguiram entender sobre o que série é feita, e qual seu argumento principal, ganhou força, e sem dúvidas é a melhor obra audiovisual que contenha mortos vivos, de todos os tempos.

Rick Grimes em cena de TWD
Rick Grimes em cena de TWD

 

 

PS: Por curiosidade, os zumbis de cada temporada são maquiados distintamente, para que possam transmitir uma sensação de putreficados pelo tempo.

Revisão Crítica

Nota Geral
Fernando Ferrazhttp://52.44.60.28
Cinema e Direito. Séries, games e livros. Quadrinhos e super-heróis. Fotos e críticas. Política e Esportes. Sofá e Cama. @ferrazfe @cinemacomfritas

Deixe sua opinião!

Instagram

AS MAIS LIDAS

Ataque dos Cães – Confira a crítica do filme La Casa de Papel – Confira a crítica da temporada final The Beatles: Get Back – Razões para assistir Deserto Particular – Confira a crítica do filme King Richard: Criando Campeãs – Confira a crítica do filme Vigaristas em Hollywood – Confira a crítica do filme