Produtora GLAZ compra direitos do podcast ‘Caso Evandro’ e prepara série documental

A produtora GLAZ acaba de adquirir os direitos do podcast “Caso Evandro”, originalmente veiculado pelo Projeto Humanos, do professor Ivan Mizanzuk. Projeto Humanos é o primeiro podcast brasileiro a contar casos criminais reais, seguindo o modelo do “Serial”, podcast americano de sucesso mundial. O formato é usar storytelling para contar em áudio histórias reais envolvendo crimes que marcaram a história.

Popularmente conhecido no Paraná como “As Bruxas de Guaratuba”, o “Caso Evandro” é o tema da 4ª temporada do Projeto Humanos. Os primeiros seis episódios foram ao ar em 2018. Em fevereiro de 2019 uma nova leva de 20 episódios começou a ser veiculada, sempre às quartas-feiras. O Projeto Humanos pode ser encontrado em diferentes plataformas – iTunes, Spotify, Deezer e Soundcloud – além do site.

A produtora GLAZ, responsável por séries como “Cine Holliúdy” (TV Globo) e a animação “Irmão do Jorel” (Cartoon Network e Netflix), prepara agora uma série documental baseada nos áudios, dirigida por Aly Muritiba.


– Com essa aquisição, passamos a investir em ampliar nosso portfólio, apostando na força das séries documentais sobre crimes que usam uma narrativa estruturada como a de ficção, as chamadas ‘true crime’ – explica Mayra Lucas, CEO da Glaz e da Copa Studio. – É uma forte tendência entre o público dos serviços de streaming desde a estreia de “Making a Murderer”.

Nos EUA essa onda já é popular em podcasts como “Dirty John” e “Serial”. É um documentário em formato de áudio e distribuído na internet. Aproxima-se de práticas conhecidas por aqui como jornalismo narrativo ou literário.

Sobre o Caso Evandro

No dia 6 de abril de 1992, na cidade de Guaratuba, no litoral do Paraná, o menino Evandro, de apenas 6 anos de idade, desapareceu. Poucos dias depois o seu corpo foi encontrado sem as mãos, cabelos e vísceras. A suspeita: foi sacrificado num ritual satânico. Essa morte acabou por aumentar o medo de pais por todo o estado do Paraná, que enfrentava naquele momento um surto de crianças desaparecidas. Em julho de 1992 sete pessoas foram presas em Guaratuba e confessaram que usaram o menino em um ritual macabro. Mas o caso estava longe de ser encerrado.

Sobre a GLAZ

A GLAZ S/A é resultado da união das empresas Glaz Entretenimento e Copa Studio. Com mais de 80 horas de conteúdo audiovisual produzido, a empresa tem um histórico de sucesso em salas de cinema e na TV. Dentre seus nove longas lançados, quatro atingiram o Top 10 de Bilheteria entre filmes brasileiros, de forma consecutiva, entre 2013 e 2016 – com destaque para os 3,8 milhões de espectadores de “Loucas pra Casar”, que o colocam como a sétima maior renda nacional de todos os tempos. Na TV Paga, as séries de animação “Irmão do Jorel” e “Historietas Assombradas (para Crianças Malcriadas)” foram líderes de audiência no segmento infantil, exibidas pelo Cartoon Network.  O Departamento de TV voltado para live action foi implantado em 2015, e já coproduziu com a Globo a série “Cine Holliudy” (estreou em maio 2019), a série “13 Canções Para Entender o Samba” e está em produção das séries “Shoptudo”, “Empurrando” com a “Barriga”, entre outras em fase de desenvolvimento.

O grupo conta com uma produtora em São Paulo e um estúdio de animação no Rio de Janeiro. A empresa tem trabalhado com distribuidores, coprodutores e canais de TV como Buena Vista, Cake Entertainment, Cartoon Network, CineBrasil TV, Downtown, Fox, Globo Filmes, Paris Filmes, Sony Pictures, Telecine, TV Bandeirantes, TV Brasil, TV Cultura, Vitrine, Galeria, Warner Channel.

Site: http://glazentretenimento.com/pt/glaz-2/

Deixe sua opinião!

INSTAGRAM

SE LIGA

Os 10 melhores filmes de 2018

A cada ano que passa somos surpreendidos com filmes cada vez melhores. Muitos, claro, já são aguardados por serem alguma continuação. Outros são ótimas...