A DC tentou superar as expectativas dos apaixonados por filmes e tentou lotar as salas de cinema mais uma vez com a Liga da Justiça. Será que conseguiram?

A sinopse do filme conta que o altruísmo do Superman e a sua fé na humanidade faz com que ele convoque a sua nova aliada Diana Prince para combater o seu inimigo que, desta vez, está ainda maior. Enquanto isso Batman e Mulher Maravilha montam um time de meta humanos mas, mesmo com a formação da liga de heróis anterior que era composta pelo
Batman, Mulher Maravilha, Aquaman, Cyborg e Flash, já pode ser tarde demais para conseguir salvar o planeta.

Por causa dos últimos erros feitos pela DC as pessoas ficaram com receio desse ser também mais um falhanço da marca. Felizmente, pela presença da mulher maravilha, muita gente deixa o medo de lado e vão de cabeça aberta ver o filme.

Sem dar spoiler, o filme começa mostrando onde cada super herói está. Bruce está passando o seu tempo tentando esquecer a dor com jogos online como o se remoendo com remorso pela morte do Superman que ele acredita ter sido culpa dele, Diana está lutando contra vilões da escuridão e ainda com sua identidade escondida, Flash está pulando de emprego a emprego tentando se manter com o dinheiro ganho e tentando salvar o seu pai da cadeia, inocentando-o, o Aquaman está ajudando uma pequena e necessitada vila de pescadores, Cyborg está em conflito interno sem saber se ele é homem ou se é máquina. Isso é muito bom para mostrar à plateia onde cada super herói está e o que está fazendo antes de decidirem se juntar.

A introdução do grande vilão que deixou um pouco a desejar. O Lobo da Estepe aparece do nada em busca das Caixas Maternas. E, para proteger a população, mesmo sem fé aparecem então os super heróis para salvar a humanidade novamente.

Um filme que vale a pena ver pois a história é interessante. Alguns efeitos especiais exagerados demais, a trilha sonora podia ser algo mais significante e marcante mas, de maneira geral, o filme foi sim bastante interessante e vale muito a pena ir assistir se você ainda não foi…