Dobra-no-Tempo-capa Resenha | Uma dobra no tempo, de Madeleine L'EngleAutora: Madeleine L’Engle
Tradução: Érico Assis
Ilustrador: Hope Larson
Editora: Darkside Books
Ano: 2018

Sinopse:
Em Uma Dobra no Tempo, o pai de Murry e Charles Wallace, um exímio físico, está desaparecido há dois anos. A aventura começa quando, em uma noite de tempestade, eles recebem a visita de uma senhora peculiar, a sra. Queque é, que foi tirada de sua rota pelo vento enquanto viajava pelo tempo e espaço utilizando o tesserato. Na companhia de mais duas criaturas sobrenaturais, a sra. Quem e a sra. Qual, e de um garoto chamado Calvin O’Keefe, eles partem pelo universo em busca de qualquer indício do paradeiro do dr. Murry. Mas o que eles descobrem vai muito além disso: todo o universo está sendo atacado pela Escuridão, uma força perigosa que traga a luz das estrelas e dos planetas, em uma luta contra o mal que parece nunca acabar.

uma-dobra-no-tempo-madeleine-lengle-1024x1024 Resenha | Uma dobra no tempo, de Madeleine L'Engle

Resenha de Uma dobra no tempo de Madeleine L’Engle

“Uma dobra no tempo” é uma história classificada como infanto juvenil, conta a história fantástica de uma família bem diferente. Um casal de cientistas e seus filhos com inteligência peculiar e acima da média. Fala de bullying, fala das diferenças, do ódio semeado por diferenças. Em determinado momento nos mostra como seria um mundo de pessoas iguais e é genial como transmite a mensagem muito clara de que é importante ser único. Temas tão atuais de uma obra lançada pela primeira vez em 1962!

De forma muito sutil, sensível a autora vai nos conduzindo por um mundo de fantasias cheio de verdades sobre o ser humano. E por isso o livro me ganhou. É uma estória leve e bonitinha, pode se dizer que é de criança? Pode sim, mas eu o classificaria como “O pequeno príncipe!”, clássico de Antoine de Saint-Exupéry. Porque ele abre espaços para reflexões e diferentes interpretações: uma criança, um adolescente e um adulto vão perceber diferentes nuances da mesma história. Ela é construída em camadas, de forma que cada um poderá sentí-la de uma forma singular.

ilustracoes-dobra-no-tempo-graphic-novel-1024x683 Resenha | Uma dobra no tempo, de Madeleine L'Engle

Sobre a adaptação para Graphic Novel da Darkside Books

É linda, isso a gente nota ao colocar os olhos no livro. Acabamento perfeito, característica típica da editora, e gráficos incríveis, com tons azul e preto predominantes. Eu não tenho muita experiência com HQs e Graphic Novel, e tive uma grata surpresa com essa história. Os gráficos realmente suprem a descrição em texto transmitindo a mensagem na íntegra, da mesma forma. Li o livro em texto logo depois da graphic novel para me certificar disso.

ilustracoes-uma-dobra-no-tempo-graphic-novel-1024x683 Resenha | Uma dobra no tempo, de Madeleine L'Engle

Então se você cruzou com esse livro pela livraria e ficou se perguntando se valia o investimento, eu diria que sim. Vai ser muito mais do que um belo enfeite para a sua estante. E recomendo também como presente para crianças e adolescentes. É uma ótima forma de incentivá-los a ler e de colocá-los em contato com temas tão atuais.

E fica aqui (mais uma vez) o meu muito obrigada a Darkside Books por esse presente. Não só por lançar essa obra em Grahic Novel, mas por nos enviar o livro e nos permitir compartilhar essa experiência linda com os leitores aqui do Estação Nerd.

Ah! E vale lembrar que essa história foi para o cinema, lançado esse ano, em março. Em meio aos grandes lançamentos no cinema, ele teve seu brilho ofuscado, mas também recomendo buscar o filme para conhecer a história. Alguém aí já assistiu ao filme ou leu alguma das versões dessa história? Contem pra gente!