Resenhas do mês…

Veja nossos últimos stories

“Ele era, sobretudo, acumulativo. Na gaveta, guardava objetos que nunca usaria. Na estante, livros que nunca leria…. Ele era, sobretudo, um colecionador.” Arrumando as coisas, parei e me programei para fazer a resenha desses preciosos, há tempos guardados e sempre adiados para leitura. E que pretendo fazer a resenha para vocês até o final desse mês. Um pouco da minha estante…

o vendedor de sonhos
Augusto Cury – O vendedor de Sonhos

“Um homem desconhecido tenta salvar da morte um suicida. Ninguém sabe sua origem, seu nome, sua história. Com uma eloquência cativante, começa a chamar seguidores para vender sonhos. Ao mesmo tempo em que arrebata as pessoas e as liberta do cárcere da rotina, arruma muitos inimigos. Será ele um sábio ou um louco? ” Esse livro eu comprei para conhecer o estilo de Augusto Cury, por eu nunca ter lido nada do respectivo autor. Entre tantos, a capa, o título e a descrição me atraíram. Já estou acabando de ler e falo mais sobre ele na próxima semana.

o mochileiro das galáxias
Douglas Adams – O guia do mochileiro das galáxias

“As aventuras espaciais do inglês Arthur Dent e de seu amigo Ford Prefect. A dupla escapa da destruição da Terra pegando carona numa nave alienígena, graças aos conhecimentos de Prefect, um E.T. que vivia disfarçado de ator desempregado enquanto fazia pesquisa de campo para a nova edição do Guia do mochileiro das galáxias, o melhor guia de viagens interplanetário.” Esse clássico da literatura de ficção científica, eu ganhei de presente tem muito tempo, e nas primeiras páginas não me conquistou de cara! Perdão, Douglas Adams! Mas, irei ler o primeiro esse mês e quem sabe mudo de ideia! Deve ser a segunda resenha do mês!

nós
David Nicholls- Nós

- Advertisement -

“A esposa de Douglas Petersen, depois de 25 anos de casados quer o divórcio. Com o objetivo de estimular os talentos artísticos do filho, Connie planejou uma viagem de um mês pela Europa. Ela imagina se não seria o caso de desistirem da viagem. Douglas, porém, está secretamente convencido de que as férias vão reacender o romance no casamento e, quem sabe, também fortalecer os laços entre ele e o filho.” Eu comprei esse livro, pois sou apaixonada por “Um Dia”, o outro livro do autor. Só que ele tem o mesmo “defeito”, passagens que talvez poderiam ter sido cortadas, ou longas demais que não são tão interessantes. Mas como no final acabei me apaixonando até hoje por Um Dia, espero que o mesmo aconteça com Nós. Além dos cenários pela Europa serem um lindo atrativo! Ainda esse mês termino!

a vida como ela é... em série
Nelson Rodrigues- A vida como ela é… em série

“O livro dispensa apresentações. Em continuidade às comemorações do centenário do autor, apresentamos “A vida como ela é… em série” — reunião de 47 contos e de seis histórias seriadas, sendo cinco inéditas em livro. Com uma prosa ágil, fértil, e um quê do melhor do jornalismo, os contos de Nelson retratam os dramas e o cotidiano do brasileiro, a “vida real” como ninguém jamais fez, sem, é claro, abrir mão de uma literatura inteligente e sofisticada.” Eu simplesmente, me apaixonei de cara por esse livro. A sua capa é “simples”, mas muito bonita, de um jornalista, o que já me faz querer mergulhar de cara nos contos! Não comecei ainda, mas acho que não me decepcionarei. Espero terminar esse mês de setembro com chave de ouro!

Deixe sua opinião!

Instagram

AS MAIS LIDAS

Casa Gucci – Confira a crítica do filme, por André Guerra Casa Gucci – Confira a crítica do filme La Casa de Papel 5 – Confira o título dos episódios finais Os 10 grandes lançamentos da Netflix em Dezembro de 2021 Gavião Arqueiro – Confira os easter eggs dos primeiros episódios Contos do Amanhã – Confira a crítica do filme