Após muita polêmica com o anúncio do fim do seriado Sense8, campanhas promovidas por internautas, lamentações dos atores e produtores e um comunicado oficial com a confirmação de que realmente não haveria retorno, a Netflix deu uma boa notícia aos fãs. “Aconteceu! Sense8 voltará para um episódio final”, diz a página oficial da atração. Em menos de cinco minutos, o vídeo teve mais de 1,5 mil compartilhamentos.

Capheus (Toby Onwumere), a farmacêutica Kala (Tina Desai), o ator Lito (Miguel Ángel Silvestre), a hacker Nomi (Jamie Clayton), a DJ Riley (Tuppence Middleton), a executiva e lutadora Sun (Donna Bae), o ex-policial Will (Brian J. Smith) e o ladrão Wolfgang (Max Riemelt) estrelaram duas temporadas e um episódio especial de Natal. O último capítulo até então deixa muitas questões em aberto sobre a origem e o destino do cluster.

Sense8
estrou em 2015 e teve apenas duas temporadas, além de um episódio especial de Natal, em dezembro de 2016. A produção das irmãs das irmãs Wachowskis e de J. Michael Straczynski foi marcante pelas discussões sobre preconceito, homofobia, representantividade de gênero e pela diversidade na escalação dos personagens principais, de países diferentes.

As várias locações, por outro lado, aumentaram os custos de produção, que, aliados à quantidade de visualizações não tão expressiva quanto outros títulos originais, culminou no cancelamento. O impacto entre os fãs despertou declarações da empresa sobre uma nova postura com relação à interrupção das originais.

“Nós ainda cancelamos poucas séries. Eu sempre falo para a equipe de conteúdo que eles precisam tomar mais riscos, que eles precisam tentar coisas mais loucas e que nós temos que ter uma taxa de cancelamentos maior do que é”, disse Reed Hastings, CEO da Netflix. Além de Sense8, The get down, Marco Polo e Gilrboss não terão continuidade em formato de seriado.