Star Wars VII conseguiu finalmente bater a marca de US$ 2 bilhões mundialmente e se consolidou como o maior sucesso da franquia. À frente do sétimo episódio da saga estão ainda Titanic (US$ 2,186 bilhões) e Avatar (US$ 2,788 bilhões), ambos dirigidos por James Cameron.

Por mais que o filme tenha sido um sucesso estrondoso nos EUA, fora do circuito doméstico o filme, apesar de ter sido também um sucesso, não foi capaz de se manter assim como se manteve na terra do Tio Sam. Próximo de sua reta final nos cinemas, o filme dificilmente conseguirá tirar de Titanic o posto de segunda maior bilheteria da história e tampouco o de Avatar.

Os avalistas previam para Star Wars – O Despertar da Força uma bilheteria superior à US$ 3 bilhões (fazendo do filme o primeiro da história a alcançar tal feito), o que infelizmente passa longe de acontecer.

Alan Horn, presidente da Walt Disney, divulgou um comunicado celebrando a marca. Veja:

“Este é um momento histórico para Star Wars, para a Lucasfilm e para a Disney, e todos estamos extremamente gratos em fazer parte desta jornada com os fãs ao redor do planeta, que fizeram de Star Wars – O Despertar da Força este extraordinário sucesso. As realizações do filme são verdadeiramente espantosas e é uma grande honra relançar esta galáxia cinematográfica não apenas para fãs devotos de várias décadas, mas para uma nova geração que irá manter o legado de Star Wars por muitos anos que virão.”

A pergunta que fica no ar agora é a seguinte: Será que Rogue One conseguirá fazer o mesmo sucesso de O Despertar da Força ou pelo menos chegar perto? E o episódio VIII, conseguirá uma bilheteria superior ao do episódio VII? Veremos…