Tenet | Cinemas ao redor do mundo planejam reabrir entre junho e julho

Veja nossos últimos stories

Com o calendário do verão americano de 2020 quase vazio, a próxima estreia é a de Tenet, novo filme de Christopher Nolan, programado para 17 de julho nos Estados Unidos. A Warner Bros. não adiou a data de estreia da produção, e o cineasta está trabalhando ativamente para que seu filme possa chegar aos cinemas na data prevista. Tendo isso em vista, algumas redes ao redor do mundo se preparam para que o longa de fato seja a estreia de retorno aos cinemas.

Os exibidores do Reino Unido planejam abrir as portas até o fim de junho. Em declaração à Variety, Phil Clapp, o chefe executivo da Associação de Cinema do Reino Unido, afirmou:

“Nós fizemos apresentações ao governo em relação às medidas de segurança que os cinemas do Reino Unido iriam colocar em efeito para o público e equipe à época da reabertura das salas, e pedimos que, com tais medidas em consideração, fosse permitido a reabertura dos cinemas até o fim de junho”.

Clapp enfatiza, no entanto, que a situação é volátil, e os cinemas irão agir de acordo com as indicações do governo frente ao risco apresentado pela COVID-19. As redes podem estar confiantes na capacidade de abrir as portas entre junho e julho, mas este cenário só será possível diante da autorização governamental. O Reino Unido se tornou o país com maior número de mortes causadas pela doença na última terça-feira (5), ultrapassando a Itália. O número chegou a 29.427 mortes.

Algumas das medidas de segurança planejadas incluem: salas com um número menor de pessoas, para que o distanciamento social possa ser mantido; horários de sessões mais espaçados para que uma higienização cuidadosa possa ser feita em cada intervalo; troca de ingressos sem contato físico com os caixas; estações de higienização na entrada do cinema. O uso obrigatório de máscaras e a checagem de temperatura também são medidas consideradas.

Na Austrália a esperança é a mesma. A Associação Nacional de Operadores de Cinema, que representa as maiores redes do país, declarou nesta terça (5) estar entusiasmada “sobre a perspectiva de reabrir as portas” e espera “ter condições de fazer isso em julho” (via THR). Kristian Connelly, CEO da rede Cinema Nova colocou as esperanças no filme de Nolan, afirmando:

- Advertisement -

“Tenet é o totem que guiará a indústria para o seu ‘reboot’”.

As estimativas, caso o cenário em que Tenet chegue os cinemas se concretize, apontam para uma bilheteria relativamente baixa, mas que seria o suficiente para colocar os cinemas de volta à ativa, preparando terreno para Mulan e Mulher-Maravilha 1984. Bob Chapek, CEO da Disney, afirmou em reunião com acionistas, que reavaliará o caso dos futuros lançamentos de cinema depois da estreia de Tenet, e o impacto que isso causará no mercado.

No Brasil, a Abraplex, associação dos multiplex no país, também prevê que as redes possam começar a reabrir a partir de 30 de julho, mas devido as altas de casos pode acabar não acontecendo.

Hiccaro Rodrigueshttps://estacaonerd.com
Eu ia falar um monte de coisa aqui sobre mim, mas melhor não pois eu gosto de mistérios. Contato: [email protected]

Deixe sua opinião!

Instagram

AS MAIS LIDAS

Duna – Confira a crítica do filme (Copy) As Passageiras – Confira a crítica do filme Maya e os 3 Guerreiros- Confira a crítica da animação Uncharted – Confira o primeiro trailer do filme Duna – Confira a crítica do filme Mês do Horror – Qual filme marcou sua vida?