sáb, 24 setembro 2022

Terminam as filmagens do longa As Polacas, estrelado por Valentina Herszage e Caco Ciocler

Publicidade

As filmagens do longa “As Polacas”, dirigido por João Jardim, terminaram esta semana no Rio de Janeiro. Protagonizado por Valentina Herszage e Caco Ciocler, o filme se passa em 1917, e conta a história de Rebeca (Valentina), uma mulher judia que foge da Polônia em direção ao Brasil, junto com seu filho, o pequeno Joseph, para reencontrar o marido e começar uma nova vida. Chegando ao Rio de Janeiro, Rebeca descobre que o marido faleceu e se vê num país estranho, desamparada, sem dinheiro e sem lar. Ela então logo torna-se alvo de Tzvi (Caco), um dono de bordel envolvido com tráfico de mulheres. Chantageada, a jovem terá que lutar por sua liberdade.

O longa é inspirado na história real das “Polacas”, como ficaram conhecidas as mulheres européias que chegaram no país a partir do ano de 1867 até a primeira metade do século XX. Vindo em sua maioria da Polônia, e quase sempre induzidas com promessas de uma vida melhor, eram enganadas e levadas a prostíbulos. Na ficção, de forma poética, serão retratadas algumas conquistas da Polacas, a sororidade que existia entre elas, e a organização que criaram para assegurar alguns direitos básicos, como a construção de um cemitério para serem enterradas de acordo com suas crenças.

“‘As Polacas’ é uma história emocionante de mulheres que lutaram pela liberdade e dignidade. A trama é contada sob o ponto de vista de Rebeca (Valentina), um olhar de resistência. Toca em temas que infelizmente ainda são muito presentes como machismo, misoginia e o tratamento dedicado a imigrantes em diversos países. Ao jogar luz na história real das Polacas, olhamos pro nosso passado, e repensamos esses males ainda tão presentes no mundo atual”, comenta o diretor João Jardim, que em sua filmografia assina longas com temas que dialogam com a nova obra: “Getúlio” (2014), que também foi inspirado numa história real, e o docudrama “Amor?” (2011) que reúne depoimentos reais sobre violência contra a mulher.

Publicidade

“Desde que tomei conhecimento de quem eram as Polacas, pensei em quanto era importante trazer esta história para o público. Falar quem eram, como chegaram ao Brasil, ao que foram submetidas, e mostrar seu exemplo de fonte inesgotável de resiliência e superação”, diz a produtora Iafa Britz. “Foram muitos anos trabalhando junto a Globo Filmes que convidou a Migdal para tal empreitada. ‘As Polacas’ é uma história que dialoga com nosso mundo atual: crises de imigrantes em todo o mundo, exploração e agressão às mulheres. Trazer à tona esta história nos faz mais autocríticos em relação a nossa sociedade”, acrescenta Iafa.

Além de Caco Ciocler e Valentina Herszage, o longa reúne ainda Dora Freind, Amaurih Oliveira, Otávio Muller, Clarice Niskier, Anna Kutner e grande elenco. “As Polacas” tem roteiro final de George Moura, coescrito por Jaqueline Vargas, Teresa Frota e Flavio Araújo. A história é livremente inspirada nos livros “El Infierno Prometido: una prostituta de la Zwi Migdal”, de Elsa Drucaroff Aguiar, e “La Polaca: Inmigración, Rufianes y Esclavas a comienzos del siglo XX”, de Myrtha Gladys. Ambos os livros retratam a história real das “Polacas”.

Por tratar de um tema delicado relacionado ao universo feminino, a produção reuniu uma equipe técnica formada em sua maioria por mulheres, entre elas Louise Botkay, diretora de fotografia, Camila Moussallem, diretora de arte, Mariana Sued, figurinista, e Rose Verçosa, maquiadora. Para a reconstituição histórica o longa contou com locações em bairros do Rio de Janeiro como Alto da Boa Vista, Centro e Guaratiba, além de Niterói. 

“As Polacas” é uma produção da Migdal Filmes, em coprodução com a Globo Filmes e a RioFilme, órgão que integra a Secretaria de Governo e Integridade Pública da Prefeitura do Rio. A distribuição nos cinemas será da Imagem Filmes. 

Publicidade

Newsletter

Destaque

Abracadabra 2 | Sequência ganha cartazes individuais do Disney+; Confira!

O Disney+ revelou os primeiros cartazes individuais de Abracadabra...

And Just Like That… | Documentário estreia em 3 de fevereiro na HBO Max

No final dos anos 1990, SEX AND THE CITY chegou surpeendendo...

Crítica | Moonage Daydream

Qual é a sua primeira lembrança de David Bowie?...

O Senhor dos Anéis | Embracer Group é a nova dona dos direitos da obra!

A Embracer Group anunciou que entrou em acordo para adquirir...
Hiccaro Rodrigueshttps://estacaonerd.com
Eu ia falar um monte de coisa aqui sobre mim, mas melhor não pois eu gosto de mistérios. Contato: hiccaro.r[email protected]

Deixe um comentário