Resenha | Fortaleza Impossível, de Jason Rekulak

Sinopse de Fortaleza Impossível, de Jason Rekulak

Um trio de garotos esquisitos e uma nerd brilhante que esconde um grande segredo.

Um inesperado romance que nasce em meio a computadores e disquetes.


Um ousado e perigoso assalto para roubar a edição de maio de 1987 da revista Playboy, com imagens escandalosas de uma famosa apresentadora de TV.

Todos esses elementos se unem para compor Fortaleza Impossível, um romance que fará você rir, se emocionar e recordar a maravilhosa sensação de se apaixonar por algo – ou alguém – pela primeira vez.

Título: Fortaleza Impossível, de Jason Rekulak
Autor: Jason Rekulak
Tradução: Roberto Gray
Editora: Arqueiro
Ano: 2017
Páginas: 272

Resenha de Fortaleza Impossível

Descrito como “Uma declaração de amor aos anos 1980” pelo autor David Ebershoff, e “(…) um romance inteligente sobre amizade, sofrimento e computadores.” por Ben H. Winters, “Fortaleza Impossível” é tudo isso mesmo!

Uma história que se a gente lê essas descrições e a sinopse, dá absolutamente nada pela história. Mas, para isso nós leitores corajosos estamos aqui, pra mostrar que é preciso ir além das sinopses e encarar essas leituras e contar o que de fato tem por de trás dessa capa lindona, que é a cara dos anos 80.

Trata-se de uma história de amor entre adolescentes, que se passa nos anos 80 e envolve computação de 87, com PCs precários e VB. Sendo esta a “Estação Nerd” imagino que muitos vão entender essas referências. Receita de sucesso, né?

A história é leve e muito divertida. Mostra toda aquela confusão da adolescência, a descoberta do amor e tem um climax de tirar o fôlego. Uma menina inteligente e misteriosa, adolescentes ambiciosos. É incrível!

As aventuras de Will e Mary em busca do sonho de serem programadores de games, bate de frente com a realidade da idade deles, as vergonhas da adolescência e curiosidades absurdas. É muito legal e surpreendente, gente!

Eu recomendo fortemente para todos, independente do gênero preferido, porque é o tipo de leitura envolvente, rápida, que não tem como desagradar.

Daniela Mattoshttps://estacaonerd.com.br
Apaixonada por Ficção Científica, indie rock e séries. Louca por livros, Whovian. Aguardo ansiosamente pela minha vez de fazer companhia ao louco em sua caixa azul.

Deixe sua opinião!

INSTAGRAM

SE LIGA

Crítica | La Casa de Papel – Parte 3

“Una mattina, mi son' svegliato..." Nessa nova temporada, a “Bella Ciao” vem com outro significado: Por la familia! O...

Os 10 melhores filmes de 2018

A cada ano que passa somos surpreendidos com filmes cada vez melhores. Muitos, claro, já são aguardados por serem alguma continuação. Outros são ótimas...