Vingadores: Guerra Infinita | Confira as primeiras impressões do filme

Veja nossos últimos stories

Vingadores: Guerra Infinita teve sua primeira exibição ao público na noite de ontem, dia 23, em Los Angeles e Nova York. As primeiras impressões são boas, mas muitas focaram no fato de o filme ser apenas a primeira parte de uma história incompleta. Confira:

“Eu vi Vingadores: Guerra Infinita hoje e posso dizer que ele atinge expectativas. Muitas interações divertidas entre personagens, alguns momentos de ação legais (poderes de Thor, o traje do Homem de Ferro) e algumas partes emocionantes poderosas. A maioria do humor é bom e o Capitão América está explosivo”. – Molly Freeman – Screen Rant

“Meu Deus. Vingadores: Guerra Infinita é real. Sai sem ar do cinema. Consequências reais, momentos vislumbrantes, ótimas interações entre personagens, e algumas surpresas GRANDES e devastadoras. Ah, e Thanos é aterrorizante e incrível. Nossa.” – Eric Eisenberg – Cinema Blend

- Advertisement -

 “É muita coisa para processar. Eu gostei muito, existe muitos elementos que funcionam, mas é definitivamente “Parte I”. O final é incrível e vale a jornada, mas há muita coisa para pouco tempo. De modo geral, eu gostei, mas preciso assistir novamente” – Terri Schwartz – IGN

“Qualquer um que for escrever críticas terá metade de um trabalho, porque você está definitivamente escrevendo metade de um filme. Tendo dito isso, a primeira metade de um épico de seis horas é bem maluco, com mais pontos positivos do que negativos, mas definitivamente não é uma experiência completa” – Max Evry – ComingSoon.Net

Vingadores: Guerra Infinita estreia essa quinta-feira nos cinemas.

Hiccaro Rodrigueshttps://estacaonerd.com
Eu ia falar um monte de coisa aqui sobre mim, mas melhor não pois eu gosto de mistérios. Contato: [email protected]

Deixe sua opinião!

Instagram

AS MAIS LIDAS

Maligno – Confira a crítica do filme Crítica – O Mauritano What If…? – Confira os easter eggs do sexto episódio! Crítica – The Voyeurs Confira 10 séries imperdíveis no Star+ Crítica – Sex Education: 3ª Temporada