Olá nerds, hoje vamos falar de um assunto que interessa a todos: Vídeo Games.

O Estação Nerd conversou com Alex Mamed, que possui a maior coleção de consoles e retro computadores gamers do Brasil. Recebeu o título da Rank Brasil, empresa que reconhece e homologa recordes no país. Em abril quando foi nomeado recordista contava com um acervo de 365 consoles diferentes além de 60 repetidos. Alex continua  acrescentando itens à sua coleção e já conta com 380 itens diferentes, uma média de 3,6 mil jogos e mais de 5 mil acessórios de games.

Confira nossa entrevista com ele!

E.N. : Como teve início a sua coleção de vídeo games e até hoje qual o seu preferido ?

     A.M. : Tudo começou por acaso, minha paixão por vídeo games iniciou quando meu irmão (Alexandre) foi para o Paraguai e trouxe um ATARI 2600, quando vi aquele objeto ligado na TV me encantei imediatamente, isso que meu ATARI era importado e funciona preto e branco. Logo ganhei o MASTER SYSTEM e depois MEGA DRIVE e SUPER NINTENDO. Como possui alguns consoles acabei montando uma locadora de videogames que em 1990 era uma algo comum. Deu muito certo com o tempo tive 6 tvs e 6 consoles. Mas tive que mudar de ramo de trabalho e fechei a locadora , então fui trocando TVs e consoles por outros videogames que não possuía , e acabei ficando com 12 consoles diferentes. Pensei agora sou um colecionador, nunca pensei em chegar aos meus 380 consoles. E meu preferido é o MASTER SYSTEM.

12 Entrevista | Alex Mamed, o maior colecionador de videogames do Brasil

E.N. : Sua família sempre te apoiou desde o início ? Eles também são apegados a sua coleção ?

     A.M. :   A maioria sim pois percebem meu comprometimento com essa coleção. São anos de pesquisas, trabalho e dedicação. Claro que no inicio todos pensam que somos loucos, viciados e que isso é passageiro. Mas me ajudaram muito pois foram eles que me deram as primeiras peças.

E.N. : O seu sonho como colecionador é montar o Museu do Vídeo Game?

     A.M. : Sim, com o tamanho da coleção cada dia maior vejo que não posso manter tudo isso só para mim. Preciso dar um significado, um objetivo para tudo isso, um museu de videogame proporcionará um grande sonho de mostrar a todos mais de 45 anos de historia, evolução e cultura do mundo dos games. As pessoas precisam ver tudo isso de perto para poderem ver quanta evolução ocorreu nesses períodos ,ver que a cada dia os videogames fazem parte da sociedade, com vários tipos de crescimento e evolução em varias áreas tecnológicas e humanas.

32 Entrevista | Alex Mamed, o maior colecionador de videogames do BrasilE.N. : Se algum museu de grande nome se oferecesse para comprar sua coleção, você venderia ?

     A.M. : Não seria minha intenção pois meu sonho é fazer algo, um propósito para todo meu trabalho de 25 anos. Claro que me sentiria honrado. Mas espero minha hora de fazer um museu com minhas próprias forças.

E.N. : Qual item você possui que pode ser considerado o mais raro ?

     A.M. : O HOBBY GAME (Conhecido como ATARI Branco) pois ate hoje é o único montado no mundo.

Hobby-Game-O-Atari-branco Entrevista | Alex Mamed, o maior colecionador de videogames do Brasil

E.N. : Quando seu museu estiver pronto os visitantes poderão jogar nos consoles ou poderão apenas vê-los em exposição ?

     A.M. : Com certeza o museu do videogame será interativo, mas alguns consoles estarão para apenas para exposições pois a manutenção dos mesmos cada dia fica mais difícil. Mas terá muitos para serem jogados. E terá muitas outra atrações (segredo).

E.N. : Como você se sente em ser o maior colecionador de videogames do Brasil e como conseguiu isso tudo?

     A.M. : Sempre digo que sou uma pessoa normal, apenas tenho uma grande coleção. Nunca quero ser melhor ou maior que alguém, sou cristão e sei que maior é apenas Jesus. Por isso quero apenas sempre estar mostrando toda minha coleção em todos os  meios de  comunicação para que todos vejam a coleção e logo criar o museu para todos.E tudo que possuo foi graças a muito trabalho, pesquisas e o principal grandes amigos pois com eles consegui mais de 70% de minha coleção. Outro detalhe, muito de minha coleção foi recebida por doações. Por isso sempre agradeço.

E.N. : Qual a maior dificuldade em manter sua coleção? A manutenção e obtenção de peças é difícil?

     A.M. : Sim, manutenção cada dia mais difícil ,devido as peças ficarem mais difíceis de ser encontradas ,também técnicos que queiram mexer em coisa tão antigas. Mas volto a falar em ter amigos,os quais acabam se tornando técnicos para arrumar um para o outro.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Muito obrigado Alex pela entrevista e agora deixo o espaço para você mandar uma mensagem aos leitores do Estação Nerd e  para você divulgar seus próximos eventos e suas redes sociais:

     A.M. : Agradeço a todos do ESTAÇÃO NERD, foi um prazer falar um pouco de minha coleção e espero um dia receber vocês aqui em minha casa e mostrar tudo. E meu canal esta sendo cada dia mais preenchido com novos vídeos. Se gostarem agradeço por sua inscrição e comentários. Estou sempre em eventos os quais sempre comunico em minha pagina no facebook. Que Deus continue abençoando a todos.

Face: https://www.facebook.com/profile.php?id=100009415878673

Youtube : https://www.youtube.com/user/lecomaniaalexmamed

Instagram : @alexmamedmamed

Twiter : https://twitter.com/lecomanias

Site: http://www.lecomania.com.br


 Entrevista realizada em conjunto com Lucian Guilherme