ter, 16 agosto 2022

007: Sem Tempo Para Morrer | Ações despencam após adiamento do filme

Publicidade

A Cineworld anunciou que está fechando temporariamente suas lojas no Reino Unido e nos EUA por meio de sua subsidiária Regal Cinemas. O anúncio causou apreensão na indústria do cinema devido a pandemia do coronavírus. As informações são da Variety.

Foto: Diorgenes Pandini / Diário Catarinense

Os cinemas esperavam iniciar uma grande reabertura no final do verão com o lançamento de Tenet de Christopher Nolan. As coisas não saíram exatamente como planejado. Os principais mercados dos EUA, como Los Angeles e Nova York, ainda não permitiram que os cinemas recebessem de volta os clientes, privando os estúdios e cadeias de teatro de milhões em receitas. Ao mesmo tempo, os resultados domésticos de “Tenet” foram mais fracos do que o esperado, sinalizando que o público está receoso de voltar aos cinemas durante uma pandemia.

Foto: MGM/ Divulgação

Na sexta-feira, 007: Sem Tempo Para Morrer, adiou seu lançamento para abril, juntando-se a nomes como Viúva Negra e King’s Man: A Origem, que mudaram suas estreias em meses. As ações da Cineworld despencaram mais de 40% após o anúncio, e a rede de cinemas não foi a única a ver suas ações despencarem. A AMC Cinemas viu o preço de suas ações cair cerca de 11%. A Cinemark caiu quase 13%, a Marcus Corporation caiu cerca de 8%, a National Cinemedia caiu mais de 9% e a Imax Corporation viu sua participação cair mais de 3%. Várias dessas empresas, como a Cineworld e a AMC preocupam os investidores sobre como conseguirão suportar meses sem retornos estáveis ​​de bilheteria enquanto pagam suas dívidas.

Publicidade

Newsletter

Destaque

Crítica | Dupla Jornada

Um filme que conta com autoparódia é o tipo...

Crítica | Maior Que O Mundo

O cinema brasileiro enfrenta diariamente dificuldades em seu trajeto,...
Hiccaro Rodrigueshttps://estacaonerd.com
Eu ia falar um monte de coisa aqui sobre mim, mas melhor não pois eu gosto de mistérios.Contato: [email protected]

Deixe um comentário