O cineasta cearense Halder Gomes mais uma vez, prova que é um dos melhores comediantes da atualidade com seu mais novo filme Cine Holliúdy 2 – A chibata sideral.


O filme começa com Francisgleydisson se vendo obrigado a fechar seu adorado Cine Holliúdy e ir morar na casa de sua sogra, ao lado de sua esposa e filho. Em seguida, vemos ele passar por uma experiência alienígena, onde seu amigo é abduzido. Então, ele tem a brilhante ideia de criar um longa metragem de ficção científica onde lampião enfrentaria seres extra terrestres.

cine-holliudy-2-a Crítica | Cine Holliúdy 2 - A Chibata Sideral

O linguajar utilizado no primeiro filme, estreado em 2013, continua sendo uma de suas características principais na sequência.

Suas legendas nos cinemas nacionais facilita bastante a compreensão para aqueles que não tem familiaridade com o dialeto cearense.


Outro ponto certeiro no filme foi a homenagem ao grandioso Steven Spielberg e ao gênero de ficção científica.


Porém, nem tudo são flores. O tom de comédia e piadas despretensiosas podem ser interpretadas de forma errada pelo público que não abraçar a ideia desde o início.

maxresdefault1 Crítica | Cine Holliúdy 2 - A Chibata Sideral

Ao meu ver, eles fizeram o filme cientes de que público desejavam se comunicar sem receio de parecer um Zorra Total ou Alto da Compadecida.

Cine Holliúdy não é uma comédia para todos. Se você gostou da primeira produção, com toda certeza irá se divertir com essa comédia que chega aos cinemas brasileiros na próxima quinta-feira (21).