Crítica | Criminal: Reino Unido – 1º Temporada

Investigação criminal é um dos gêneros mais populares entre as séries de TV. Mas nunca uma série focou tanto no que ocorre nas salas de interrogatório como a nova série da Netflix, Criminal. Um diferencial dessa série em comparação com as demais é que aqui temos 12 histórias únicas, que ocorrem em 4 países diferentes (três histórias ocorrem na França, outras três na Alemanha, outras três na Espanha e mais três no Reino Unido) que focam no estilo de investigação de cada país. Está crítica irá focar nos episódios que se passam no Reino Unido, durante a semana liberaremos as demais críticas dos outros episódios.

O cenário para todos os episódios de Criminal: Reino Unido é o mesmo. Uma sala de interrogatório, nele policiais tentam arrancar a confissão do suspeito de um crime. Por mais que aparente ser repetitiva a série surpreende por nos colocar a par de crimes totalmente distintos entre si, o modo como cada episódio flui também é diferente e isso nos instiga mais em acompanhar a investigação. O primeiro caso da parte inglesa (pra mim o melhor) traz o excelente David Tennant (Doctor Who) como suspeito de matar a enteada de 14 anos. No segundo, temos Hayley Atwell (Agente Carter) sendo acusada de envenenar o cunhado. No terceiro e último episódio temos a equipe lutando contra o tempo para descobrir o paradeiro de um caminhão. Em todos os episódios temos a equipe lutando contra o tempo, isso mostra como é difícil realizar esse trabalho, além aumentar a tensão deixando ela bem evidente. As pistas são reveladas e a luta para conseguir a confissão/verdade tornam a série um belo jogo de gato e rato de se ver.

O elenco é muito bom, destaque para a atuação de David Tennant que nos faz mudar constantemente de opinião sobre a sua culpa ou não do crime no qual ele é acusado e a atuação de Hayley Atwell que possui uma carga dramática chocante. Num resumo os atores da parte inglesa carregam grandes responsabilidades nas costas, pois é de sua atuação que a série se sustenta, por mais que o roteiro tente inovar nas situações, leia crimes, toda série se passa num interrogatório e isso se não for bem executado tudo pode ruir e arruinar o episódio. O dinamismo visual da série também é algo louvável, usa-se muito bem o espaço, além de diversos closes nas expressões dos personagens, afim de conseguir destrinchar a sua personalidade.


Criminal: Reino Unido é uma série investigativa bem diferente das atuais, sendo bem peculiar. Possui bons episódios, um roteiro crível e acima de tudo ótimas atuações. Vamos aguardar pra ver se a série consegue se sustentar para uma segunda temporada.

Confira as nossas críticas de Criminal: Alemanha, Criminal: Espanha e Criminal: França.

Hiccaro Rodrigueshttps://estacaonerd.com
O pagode anos 90 moldou meu caráter.

Deixe sua opinião!

INSTAGRAM

SE LIGA

Os 10 melhores filmes de 2018

A cada ano que passa somos surpreendidos com filmes cada vez melhores. Muitos, claro, já são aguardados por serem alguma continuação. Outros são ótimas...

PlayStation 5 – Data de lançamento e outras informações.

Foram reveladas as informações oficiais sobre o Playstation 5. Conforme esperado, o nome oficial será mesmo Playstation 5 e...