sex, 27 janeiro 2023

Crítica | Freaky – No Corpo de um Assassino

Publicidade

O ano de 2020 teve de quase tudo no cinema/serviços de streaming, menos um filme de assassino em série. Para saciar nossa sede de sangue e ainda dar umas boas risadas da situação, estreou nos cinemas Freaky – No Corpo de um Assassino. A comédia estrelada pela dupla Kathryn Newton (Pokémon: Detetive Pikachu) e Vince Vaughn (Penetras Bons de Bico) irá te matar de rir, se você comprar a ideia absurda do longa, caso contrário…

Foto: Blumhouse/ Divulgação

Millie Kessler, de 17 anos, tenta apenas sobreviver aos corredores sedentos de sangue da escola secundária de Blissfield e à crueldade dos populares. Mas, quando se torna o novo alvo de um terrível serial killer da sua cidade, a escola passa a ser a menor das suas preocupações, em especial quando o vilão e Millie acordam um no corpo do outro.

O diretor Christopher Landon (A Morte te dá Parabéns) realmente tomou gosto em misturar histórias conhecidas e consagradas do cinema com a temática de serial killer. Se no seu primeiro filme ele usou e abusou dos loopings temporais vistos em Feitiço do Tempo, a nova aventura o diretor aposta em usar o conceito de troca de corpos visto em Sexta-Feira Muito Louca para montar sua nova trama. Se o longa não ganha pontos pela criatividade, pode ter certeza que ele ganha pontos pelos litros de sangue derramados neste filme. As cenas presentes nesta aventura devem agradar em cheio aos espectadores fãs do GORE, em especial pela criatividade das mortes e a quantidade.

Foto: Blumhouse/ Divulgação
Publicidade

Perfeição né? Não. O longa peca no seu ritmo, que é acelerado demais, em especial no segundo ato. Daí em diante o filme acelera loucamente sua trama como se estivesse fugindo da polícia. A fotografia e outros aspectos técnicos da trama são muito simplórios e contrastam de modo negativo, com a dedicação dos atores, estes sim merecem os méritos por carregarem a trama nas costas. Os destaques são a dupla protagonista: Kathryn Newton rouba as cenas na qual sua personagem se liberta ao ser possuída pelo vilão. Diversos traços de sua personalidade reprimida se revelam de modo violento e pra lá de divertido. Vince Vaughn possui um timing cômico estupendo, o ator é responsável pelas melhores piadas da trama e entrega uma atuação carismática. O elenco todo está bem em seus papéis. Algumas piadas da trama são hilárias e muito boas, outras nem tanto.

Foto: Blumhouse/ Divulgação

Freaky – No Corpo de Um Assassino equilibra de modo divertido comédia e terror. Mesmo se repetindo em algumas piadas e possuindo algumas falhas técnicas, o filme deve agradar aos fãs dos filmes de slasher, nesse fim de ano.

Publicidade

Destaque

Hiccaro Rodrigueshttps://estacaonerd.com
Eu ia falar um monte de coisa aqui sobre mim, mas melhor não pois eu gosto de mistérios. Contato: hiccaro.rodrigues@estacaonerd.com

Deixe um comentário